Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Guaratuba terá barreira sanitária durante o feriado

Foto: Arquivo Rádio Litorânea

Guaratuba terá barreiras sanitárias nas entradas da cidade a partir da quarta-feira (10), na véspera do feriado de Corpus Christi. As equipes da Prefeitura e da Polícia Rodoviária estarão no Posto da PR-412 do Coroados e também na saída do ferryboat.

Com o apoio do Batalhão da Polícia Rodoviária (BPRv) e da Segurança Pública Municipal, os veículos serão parados e a Vigilância Sanitária vai medir a temperatura de todos os ocupantes. As pessoas terão de responder um questionário e explicar a cidade de origem e para onde estão indo. Serão informados que o aluguel de imóvel por curto período ou hospedagem em hotel estão proibidos e os responsáveis poderão ser multados.

A ação foi decidida na semana passada e teve os detalhes acertados nesta terça-feira (8), na reunião do comitê de enfrenamento da crise do coronavírus, com a participação do comandante da 1ª Companhia da Polícia Rodoviária, tenente Thiago Escobar, que assegurou o apoio da corporação.

Além das barreiras, haverá fiscalização dentro da cidade. As equipes vão percorrer restaurantes para fiscalizar o cumprimento das normas sanitárias. Equipes de diversas secretarias vão percorrer a orla, praças, quadras e pontos turísticos. Também haverá fiscalização nas marinas e trapiches às margens da baía, que estão fechados nos feriados e finais de semana.

Maioria respeita prevenção à Covid, mas ainda ocorrem casos de polícia na fiscalização

O balanço da fiscalização no último final de semana comprova que a grande maioria da população de Guaratuba está respeitando as medidas de prevenção à Covid-19. No entanto, ainda é necessária a presença da Prefeitura e até mesmo da Polícia Militar para impedir aglomerações e o desrespeito às normas de saúde pública.

Durante o sábado (6) e o domingo (7) diversas equipes percorreram a orla, que está interditada por ser um atrativo para a vinda de pessoas de outras cidades, e alguns espaços públicos como a Praça Central, a Praça dos Namorados, Complexo Esportivo e as quadras sintéticas.

Ao mesmo tempo, a Vigilância Sanitária percorreu dezenas de estabelecimentos comerciais em uma ação orientativa que vem dando grande resultado. Os locais visitados estavam obedecendo as normas sanitárias em relação aos funcionários, proprietários e clientes como a disponibilização de álcool em gel, espaços nas filas, uso de máscaras e o distanciamento pessoal. Foram vistoriados supermercados, restaurantes, lanchonetes bem como estabelecimentos de utilidade e vestuários.

Na fiscalização dos locais públicos, ainda há pessoas insistindo em promover aglomerações e até mesmo desrespeitar o uso de máscaras e o distanciamento. Em algumas situações foi necessário o auxílio da Polícia Militar. Houve centenas de abordagens e em três casos foi feito o encaminhamento ao Quartel da PM para elaboração de Termos Circunstanciados por agressão, desacato e desobediência.

Na Praia Central, foram colocados alambrados no calçadão e manilhas bloqueando o estacionamento. Das 8h às 20h, quatro equipes percorrem a avenida Atlântica de carro. Na Praia Brava a fiscalização contou com duas máquinas pesadas, veículo e motocicleta. Entre o Brejatuba e a Barra do Saí mais de 300 pessoas tiveram de ser orientadas a sair da areia, apesar das faixas informando a interdição da orla.

Foram feitas diversas denúncias de aglomerações em residências e em bares, que foram atendidas e solucionadas. Também foi denunciado o aluguel de uma casa para turistas. Uma equipe foi ao local e constatou que havia 8 pessoas em três veículos. Eles foram orientados a deixar o imóvel e assim o fizeram. Um caso de aluguel por aplicativo vai ser apurado e o proprietário poderá ser multado por desrespeitar o Decreto nº 23.299.

A fiscalização continuou na segunda e na terça-feira, quando foi iniciada a colocação de barreiras físicas no estacionamento da Praia dos Paraguaios e na Praça dos Namorados.

Leia também
Comentários
Carregando...