Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Aumentam prisões e apreensão de armas nesta temporada

pm-revellionNos primeiros 20 dias da “Operação Verão Paraná 2014/2015”, a Polícia Militar prendeu 147 pessoas, 65% a mais que no mesmo período da última temporada, quando foram 89. Também houve aumento na apreensão de armas, que subiu de quatro para 11, ou seja, 175% a mais.

Em contrapartida diminuiu o índice de furtos (simples e qualificado) em 9%, que caiu de 192 para 175, no mesmo período. Os dados estão no relatório da “Operação Verão Paraná 2014/2015” divulgado na manhã desta quinta-feira (8) pela PM e corresponde ao período que vai de 18 de dezembro 2014 a 7 de janeiro deste ano.

“As ações realizadas pelo 9º Batalhão da PM antes da Operação Verão contribuíram sensivelmente para os resultados obtidos neste momento, foram operações pontuais e ações diárias, especialmente cumprimentos de mandados de prisão e de busca e apreensão contra quadrilhas que agiam no litoral do estado. Agora temos bastante abordagens, fiscalizações, orientações, entre outras. O comportamento comunitário do policiamento também é destaque”, avalia o major Nivaldo Marcelos, comandante do 9º Batalhão da PM e da Operação Verão no Litoral.

Trânsito – A PM também registrou aumento de 2,2% no número de notificações de trânsito urbano (dentro das cidades e balneários), isto é, foram 1.321 nos primeiros 20 dias desta temporada, contra 1.294 na anterior. “Neste caso o destaque é para algumas situações de estacionamento irregular e veículos na calçada, situações que estamos fiscalizando. Algumas pessoas também não entenderam que não dá para beber e dirigir, e nem perturbar o sossego alheio, e nestes casos estamos agindo intensamente”, destaca Nivaldo.

No mesmo período foram abordadas 16.387 pessoas, contra 6.612 no mesmo período da temporada anterior, um aumento de 147%. Também houve aumento de 80% no índice de adolescentes apreendidos, subindo de 15 para 27. “É importante apreender adolescente, principalmente porque eles são utilizados pelos marginais”, enfatiza.

“O tradicional problema, fila do Ferry Boat, neste ano foi bastante fiscalizado por policiais da Polícia Militar Rodoviária e Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), com motocicletas para que houvesse organização e respeito”, avalia o tenente-coronel.

 

Perturbação do sossego também aumentou

Uma das ações mais rotineiras da PM neste ano, assim como foi no ano passado nos períodos de festas, é o combate à perturbação do sossego. Nos 20 primeiros dias desta Operação Verão foram registrados 497 boletins de ocorrência por esta contravenção penal, contra 318 no período anterior, um aumento de 56%. “A PM está sendo dura com quem comete a incivilidade e a perturbação do sossego”, completa o major. Nesta temporada a tolerância está sendo zero, ou seja, a partir do momento que a PM é acionada segue até o local e apreende os aparelhos de sons.

Outro aumento registrado foi no número de pulseirinhas de identificação entregues aos pais e responsáveis para evitar que as crianças se percam. “Nos primeiros 20 dias da operação passada foram 10.458, nesta contabilizamos 10.624, sendo assim, se continuarmos neste ritmo, teremos um record de pulseirinhas entregues ao final da temporada. Também acreditamos que está havendo maior conscientização da população sobre a importância do uso da identificação”, avalia a tenente Caroline Costa, uma das porta-vozes da Operação Verão Paraná 2014/2015.

“No geral têm bastantes casos rapidamente solucionados, temos muitas ações preventivas e repressivas o que está trazendo bastante tranquilidade à população no litoral”, enfatiza Nivaldo. Para ele, além do trabalho intenso dos policiais militares, têm contribuído para o bom trabalho da PM a integração e apoio do Ministério Público, da Justiça e da Polícia Civil, além de outros órgãos expressivos no litoral.

Fonte: Marcia Santos / PMPR
Foto: Cabo Daniel Meneghetti
Leia também
Comentários
Carregando...