Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Câmara vota nome de rua para ex-vereador Joia e inicia debate eleitoral

A Câmara votou, nesta segunda-feira (18), a denominação de uma antiga travessa particular no centro da cidade de “Rua José Carlos Gonçalves”, em homenagem ao ex-vereador Joia, falecido em 2012 após ter sido reeleito.

O Projeto de Lei nº 598, de autoria do vereador Almir Troyner, foi aprovado, por unanimidade, em primeira discussão e terá de ser votado mais uma vez antes de seguir para sanção da prefeita Evani Justus.

O outro projeto na Ordem do Dia, PL 595, de autoria da Laudi Tato, que concede título de cidadão honorário de Guaratuba apara o presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche, foi novamente retirado da pauta por um pedido de vistas, desta vez do vereador Maurício Lense.

Disputa entre oposições

Na sessão desta segunda, apenas dois vereadores utilizaram a tribuna para pronunciamentos: Almir Troyner e Itamar Junior. Sem referência direta ao caso, Troyner falou das disputas políticas por causa de uma reunião na Secretaria de Estado da Segurança Pública. A reunião foi agendada pelo secretário municipal de Assuntos Jurídicos e Segurança Pública, Jean Colbert, a pedido da Associação Comercial e Empresarial de Guaratuba (Acig). Troyner e os vereadores Juarez Galego, Mauricio Lense e Artur Santos acompanharam Colbert. O caso gerou disputas e críticas entre os grupos que defendem os pré-candidatos a prefeito de oposição Mauricio Lense e Carlos Carvalho.

Itamar Junior também falou da reunião e ainda leu um ofício do seu partido, o PSB, assinado por Carvalho em resposta às críticas feitas por Lense na Tribuna da Câmara na semana passada. Os dois grupos de oposição começaram a se atacar e se acusar mutuamente de estarem fazendo o jogo da situação, que tem como pré-candidato o secretário municipal de Administração, Roberto Justus.

Leia também

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More