Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

TCP entrega 30 casas novas para comunidades indígenas no Litoral

A construção beneficia três aldeias; em 2022, o terminal realizou mais de 60 ações socioambientais na região

A TCP, empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá, entregou hoje (21) 30 casas novas em 3 comunidades indígenas no litoral do Paraná. As obras foram realizadas em sete meses e custeadas integralmente pela empresa. Cerca de 130 indígenas serão beneficiados.

Pontal 40 milhões

Para o gerente institucional da TCP, Allan Chiang, a iniciativa representa a preservação das referências dos povos indígenas como parte fundamental da criação da cultura nacional.

“A TCP reconhece o valor de investir na comunidade em que está inserida, mantendo o compromisso de auxiliar os povos indígenas em sua sobrevivência e desenvolvimento para que possam exercer com dignidade seus costumes, crenças e tradições”, pontuou Allan.

A construção das moradias faz parte das medidas compensatórias no âmbito do Plano Básico Ambiental do Componente Indígena (PBACI) e foi idealizada de acordo com as necessidades levantadas pelas próprias lideranças indígenas, respeitando as vivências destes povos com a natureza.

São beneficiadas com este projeto as aldeias Pindoty, localizada em Paranaguá na Ilha da Cotinga; a aldeia Karaguatá Poty, no distrito do Guaraguaçu; e a aldeia Guaviraty, em Pontal do Paraná, no balneário Shangri-lá.

Em 2022, a TCP esteve envolvida em mais de 60 ações socioambientais em comunidades do litoral do estado. O número engloba eventos pontuais e semanais como palestras, oficinas, ações culturais e até eventos a longo prazo como a construção de imóveis. Um exemplo, foi a inauguração da escola estadual na Ilha do Amparo, no valor de 300 mil reais, que buscou ampliar o acesso à educação na região.

Outra atividade foi a ampliação da Associação de Moradores da Costeira. A reforma, no valor de 80 mil reais, foi entregue no mês de agosto. O novo espaço permitiu que mais atividades fossem oferecidas de forma gratuita aos moradores.

Outras iniciativas voltadas para os povos indígenas

A TCP realiza, desde 2014, ações para auxiliar a população indígena em demandas pontuais e no desenvolvimento de projetos voltados para a saúde, educação, preservação do meio ambiente e do patrimônio imaterial. Ainda para dezembro, já estão previstas mais obras nas aldeias beneficiadas com as moradias, um portão para comunidade de Sambaqui e a construção de uma infraestrutura de abastecimento de água para a aldeia da Cotinga.

Além disso, a TCP faz parte de outras iniciativas que envolvem os indígenas como, por exemplo, os programas “Nhemboaty Porã – Gestão e Articulação” e “Nhande Kya – Rede de Monitoramento e Gestão Territorial”. Atua também nos projetos “Mbya Arandu – Valorização da História” e “Cultura Guarani”, “Mymba – Monitoramento, Criação e Reintrodução de Fauna” e “Mobilidade e Segurança”.

Leia também

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More