Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Carnaval em março define longa temporada de verão

O Governo do Paraná definiu que a Operação Verão 2018/2019 começará no dia 21 de dezembro. Como em todos os anos, terminará no domingo após o Carnaval, dia 10 de março. Serão 80 dias de atividades, 24 a mais do que no ano passado. 

As datas foram anunciadas nesta quinta-feira (18), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, durante reunião com a governadora Cida Borghetti e representantes de órgãos estaduais que farão o atendimento à população no Litoral. A coordenação, por enquanto, fica a cargo do chefe da Casa Militar, coronel Maurício Tortato.

Novo governo – A governadora destacou que esta ação do Estado é a mais importante no início do ano, pois atende um grande volume de pessoas. Também afirmou que a transição do governo, que começará no dia 3 de dezembro, não afetará a Operação Verão – a partir do dia 1º de janeiro, assume o governador Ratinho Jr.

Diárias cheias – Cida anunciou que os servidores públicos envolvidos nas atividades da Operação Verão receberão diárias cheias e terão liberdade para escolher o tipo de alojamento. Nos últimos anos, a diária havia sido reduzida e a responsabilidade por alojar o efetivo de segurança e bombeiros, por exemplo, ficava a cargo da coordenação, que alugava pousadas no Litoral e em outras regiões. 

“Com essa mudança, cada um vai poder escolher onde quer ficar. Acreditamos que, apesar do impacto no orçamento do Estado, nossa atitude é responsável e humanizada, já que esses profissionais exercem um papel importantíssimo e precisam descansar em seus momentos de folga”, salientou.

Planejamento – A Operação envolve mais de 10 órgãos e secretarias de Estado. Até o dia 26 de outubro, todos os envolvidos devem enviar seus planejamentos à coordenação.

Na reunião, alguns representantes deram detalhes preliminares sobre o trabalho na temporada. A pasta da Saúde, por exemplo, vai reforçar as equipes de assistência médica e de enfermagem nos hospitais dos municípios do Litoral, em unidades de pronto atendimento e do Samu. Além disso,vai repassar recursos para as prefeituras para a contratação de pessoal e de aquisição de materiais.

A Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, por meio do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), vai manter a análise da qualidade das águas, como ocorreu nas temporadas anteriores. O órgão também vai manter atividades educativas e de conscientização em quatro eixos: resgate de animais marinhos, conservação da flora, combate ao tráfico de animais e abandono de animais domésticos.

A Sanepar e Copel começam a fazer o reforço da estruturapara atender moradores e turistas. A empresa de saneamento também focará na limpeza das praias e em ações de educação ambiental, enquanto a Copel manterá o serviço de acesso à internet na orla.

Drones salva-vidas – O Corpo de Bombeiros do Paraná está contratando 40 novos guarda-vidas para a Operação Verão. Segundo o comandante da corporação, coronel Fábio Mariano de Oliveira, serão 800 guarda-vidas atuando em todo o Estado .

A novidade deste ano, segundo ele, é que a corporação vai implementar a utilização de drones. “Com isso, vamos conseguir visualizar de uma plataforma elevada onde está a maior concentração de público, e também proteger aqueles banhistas menos desapercebidos que acabam sendo levados pela arrebentação”, afirmou.

Governadora Cida Borghetti durante reunião preparativa para a Operação Verão 2018/2019. – Curitiba, 18/10/2018. – Foto: José Fernando Ogura/ANPr
Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...