Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Ocorrências: Preso acusado por 3 homicídios e cassino fechado

carlos-eduardo-silva-ramos-chapeco-15052014A Polícia Civil de Chapecó (SC) prendeu, na tarde desta quinta-feira (15), Carlos Eduardo da Silva Ramos, que seria acusado de cometer três homicídios em Guaratuba.

A investigação foi realizada pela equipe da Delegacia de Proteção a Mulher, Criança e Adolescente após denúncias da comunidade. Há seis meses em Chapecó, o homem de 29 anos já tinha duas passagens por ameaça.

De acordo com a delegada responsável pela prisão, o homem tinha envolvimento com o tráfico de drogas em Pinhais/PR e cometeu os homicídios motivado por vingança, já que sua irmã havia sido assassinada por uma quadrilha rival.

O acusado foi levado ao Presídio Regional de Chapecó, mas deve ser transferido para Guaratuba, cidade onde foi emitido o mandado de prisão. (Com informações da repórter Raquel Tedesco/RICTV Chapecó – http://ricmais.com.br/sc/seguranca/videos/acusado-de-tres-homicidios-no-parana-e-preso-em-chapeco/)

PM estoura cassino clandestino em Guaratuba

cassino-nereidas-10052014A Polícia Militar fechou, no sábado (10) uma casa de jogos que funcionava no bairro Nereidas, em Guaratuba.

Foram apreendidas 23 máquinas caça níqueis. Três pessoas foram encaminhadas à delegacia da Polícia Civil.

Segundo o comandante da 2ª Companhia do 9º BPM, capitão César Kamakawa, a polícia chegou ao local depois de receber uma denúncia anônima. Os policiais foram até o local e anunciaram a abordagem. “Na vistoria, encontramos as máquinas caça níqueis e abordamos a suposta proprietária da casa e mais duas pessoas que estavam ali”, disse o capitão.

A mulher recebeu voz de prisão. As outras duas pessoas que estavam na casa foram encaminhadas como testemunhas.

 

Guaratuba tem primeira explosão de caixa eletrônico

SAMSUNG CSCNa madrugada de sexta-feira (9) moradores dos bairros Brejatuba e Eliane foram acordados por uma forte explosão.

O vigia da casa de espetáculos Café Curacao viu o prédio tremer e correu para verificar o que tinha acontecido. Teve tempo de ver os bandidos saindo por baixo do portão. Eles haviam entrado na casa para se abrigar das consequências da explosão dos dinamites que haviam colocado no caixa eletrônico da Caixa Econômica Federal, instalado no pátio do supermercado Brasão, do outro lado da rua.

Eram por volta das 2h30 quando Guaratuba entrou nas estatísticas de explosão de caixas eletrônicos, ocorrência comum no estado vizinho de Santa Catarina. Até então, os roubos aos caixas de bancos que haviam ocorrido na cidade eram com o uso de maçaricos.

Os ladrões, ocupando pelo menos um veículo Honda Civic, recolheram cerca de R$ 140 mil e fugiram para Santa Catarina. A Polícia Militar, que tinha uma viatura próxima à praça Central, levou cerca de 20 minutos para chegar ao local. Os ladrões passaram pelo Posto da Polícia Rodoviária Estadual e pelas barreiras das polícias de Guaratuba e Garuva (SC) sem serem abordados.

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...
error: Content is protected !!