Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Antonina poderá receber navios de até 45.000 ton

portoantonina-arquivo2012Começa nesta segunda-feira (19), a dragagem do porto de Antonina.

A obra integra a segunda fase dos trabalhos que começaram no Porto de Paranaguá no ano passado.

Segundo a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) a dragagem vai permitir que o canal de acesso ao porto de Antonina passe a ter 10 metros de profundidade. Hoje, o canal que dá acesso ao porto tem apenas 8,30 metros. O serviço terá um custo de R$ 115 milhões.

Segundo o governo, o aumento de quase dois metros de profundidade permitirá receber navios com até 45 mil toneladas. Hoje, o limite de operação é de embarcações com máximo de 26 mil toneladas.

A expectativa é que a obra dure quatro meses, a tempo de atender a safra de fertilizantes 2014/2015. Atualmente, o porto de Antonina tem funcionado como um porto suporte para Paranaguá, no desembarque de fertilizantes.

Em 2013, o porto de Antonina movimentou 1,7 milhão de toneladas de mercadorias, o que representou alta de 41% em relação a 2012.

O prefeito de Antonina, João Ubirajara Lopes, lembra que a obra de dragagem reverterá recursos de ISS para o município. “Pelo nosso cálculo, serão quase R$ 2 milhões em impostos que investiremos nas estradas e infraestrutura do município, para fazer frente ao aumento da movimentação que a obra trará para a cidade e toda a região”, disse João Domero.

Fonte e foto: Appa
Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...