Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Eleições em Guaratuba devem ter 19 partidos e 3 candidatos a prefeito

“As convenções para escolhas dos candidatos nas eleições em Guaratuba já começaram e até a próxima edição já saberemos quem são os nomes que vão disputar os cargos de prefeito, vice-prefeito e as 13 cadeiras na Câmara de Vereadores”, informa o Jornal de Guaratuba nº 555, que começou a circular na manhã deste sábado (12).

“Até o fechamento desta edição”, explica o jornal, apenas o partido Podemos havia definido sua chapa de vereador a prefeito. Jonas Maciel da Silva, professor de 55 anos é o candidato a prefeito. O candidato a vice-prefeito é o servidor municipal Eurides Moro. A chapa de vereadores tem apenas dois nomes: a fonoaudióloga Ana Maria Bianchini e o técnico naval Antonio Pipoco.

Outros oito partidos realizaram suas convenções e aprovaram coligação com o partido Democratas (DEM) na eleição majoritária que tem o atual prefeito Roberto Justus como pré-candidato. A confirmação de sua candidatura à reeleição deve ocorrer no domingo (13).

Já fazem parte da coligação majoritária com o DEM de Justus o partido Solidariedade (SD), Partido Trabalhista Cristão (PTC), Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), Partido Liberal (PL), Partido Social Cristão (PSC), Partido Social Democrático (PSD) e Partido Progressista (PP). O PSD indicou o candidato a vice da chapa: Edison Camargo.

Ainda realizarão convenção neste sábado o Partido Republicano da Ordem Social (Pros), o Partido Socialista Brasileiro (PSB) e o Movimento Democrático Brasileiro (MDB). No domingo (13), será a vez do Partido Democrático Trabalhista (PDT) e do Democratas e do Partido dos Trabalhadores (PT) – informação atualizada.

Na terça-feira (15), farão convenção, o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), o Partido Social Liberal (PSL), o Republicanos e o Cidadania. Este último deve lançar o ex-vereador Mauricio Lense como candidato a prefeito. O nome do vice deve ficar entre o Republicanos e o PSL, com apoio do PDSB na coligação majoritária.

Nem todos os partidos lançarão chapa a vereador e nem todas as chapas serão completas – com 20 candidatos. A poucos dias do fim do prazo, ainda há indefinição sobre a quantidade de candidatos a vereador e sobre partidos que sairão para a disputa na Câmara sem apoiar candidatos a prefeito e vice.

Coligações – As novas normas eleitorais que entraram em vigor neste ano, não permitem mais coligação na eleição proporcional, para vereador, apenas na majoritária, para prefeito e vice.

Fonte: Jornal de Guaratuba – Ed. Nº 555 12/9/2020

Leia também
Comentários
Carregando...