Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Programa Capacita Guias forma a primeira turma em Foz do Iguaçu

Primeira turma em visita ao Mirante Central da Itaipu. Foto: Assessoria de Imprensa/Polo Iguassu

Sabe quando um projeto dá certo? Quando as pessoas beneficiadas por ele externam gratidão de forma espontânea. O programa Capacita Guias – iniciado no ano passado para capacitar e ajudar centenas de guias de turismo de Foz do Iguaçu que, de uma hora pra outra, perderam sua fonte de renda em função da pandemia de covid-19 – foi luz na vida de 150 profissionais. O treinamento formou a primeira turma nessa quinta-feira (28) e vai continuar com novos grupos.

Iniciativa da Itaipu, o programa é gerido pelo Polo Iguassu e tem o apoio do Sebrae, Instituto Chico Mendes de Biodiversidade, Complexo Turístico de Itaipu, Conselho Municipal de Turismo e alguns atrativos da cidade.

O encerramento foi marcado por uma conferência on-line entre os participantes. Os depoimentos foram emocionantes e repletos de agradecimentos. “Muito obrigada pelo Capacita Guias, que nos ajudou nessa hora de desesperança. Foi um curso de muita valia”, disse Silvia Andrade. “Só temos a agradecer a todos que se envolveram e estão nos ajudando neste momento tão difícil a não desistir da profissão. Meu imenso apreço, vocês são demais”, afirmou Lenir Ferraz. “Obrigada pela sensibilidade de todos”, concluiu Aline Cristina.

João Magnus Máximo dos Santos pediu para agradecer ao diretor-geral brasileiro da Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, pela iniciativa. Sensibilizado pelo programa, o diretor decidiu dar continuidade a ele. Novas turmas devem ser formadas em breve, em um novo formato.

“É gratificante investir na nossa gente, dando trabalho e dignidade. É disso que nosso povo está precisando”, afirmou o general. Essa foi uma das iniciativas da empresa para ajudar a mitigar os efeitos da pandemia na cidade, que tem no turismo – o setor mais atingido – a sua principal vocação econômica. Outra foi a campanha Vem pra Foz, lançada em junho do ano passado para promover descontos e atrair visitantes.

A presidente executiva do Polo Iguassu, Paula Canella, ressalta o ineditismo da iniciativa no Brasil e o orgulho por participar dela. “Não vi nada igual no Brasil e me sinto muito orgulhosa em fazer parte dessa parceria, que mostrou um resultado surpreendente.”

O Capacita Guias

O Programa de Capacitação de Guias de Turismo de Foz do Iguaçu (Capacita Guias) é uma iniciativa de Itaipu Binacional para contribuir com os trabalhadores do turismo afetados pela crise da covid-19.

Os participantes com 75% de frequência receberam uma bolsa-auxílio de R$ 450 mensais ao longo de todo o curso, que teve duração de três meses. Nos encontros, foram abordadas novas formas de apresentar os atrativos turísticos de Foz, os cuidados necessários para a retomada no contexto de pandemia e temas relativos ao desenvolvimento pessoal e profissional dos participantes.

As atividades são momentos não só de aprendizado, mas também para debater e compartilhar experiências. “Os momentos em que podemos trocar ideias com nossos amigos de profissão foram os meus favoritos. Conhecemos um pouco mais sobre os colegas, nos sentimos mais próximos, o que ajuda a matar um pouco da saudade. Além do conhecimento que adquirimos sobre os atrativos, os debates e a interação nos encontros nos mantêm participativos e acolhidos”, disse Flávia Salarini, participante do curso.

A Itaipu e Polo Iguassu estão estudando maneiras para criar um ambiente de formação continuada para os profissionais do turismo.

Mão amiga

Durante a pandemia, a Itaipu tem atuado firmemente no auxílio da população de Foz e região. No total, 76 entidades de cunho social foram beneficiadas pelo auxílio eventual da empresa em 2020. Só no enfrentamento à covid-19, com recursos para compra de insumos e equipamentos, além de criação de uma infraestrutura de atendimento especial aos doentes, incluindo pacientes do Sistema Único de Saúde, foram mais de R$ 20 milhões.

Com obras estruturantes e outras iniciativas, programas e projetos, a Itaipu conseguiu manter ou abrir três mil frentes de trabalho.

Leia também
Comentários
Carregando...