Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Novo piso dos professores de Guaratuba é aprovado em 2ª votação

O aumento de 13% no piso dos professores municipais de Guaratuba foi aprovado, por unanimidade e em segunda votação, nesta segunda-feira (9), pela Câmara de Vereadores.

O Projeto de Lei Substitutivo nº 1.361 segue para sanção da prefeita Evani Justus, autora da proposta. O PLS reajusta o salário mínimo da categoria em exatos 13,01%, acompanhando o piso nacional dos professores, que passa para R$ 958,89 para jornada de 20 horas – um padrão – e R$ 1.917,78 para 40 horas – dois padrões. A Câmara votou o projeto em regime de urgência para dar tempo para o novo salário seja incluído na folha de pagamento de março. O aumento é retroativo ao salário de janeiro.

Na sessão desta segunda-feira também foram aprovados diversas proposições dos vereadores com pedidos de obras e serviços à prefeitura: patrolamento e outros reparos em ruas, manutenção e reparos em bocas de lobo e manilhas, sinalização na área rural e roçadas. Também foi aprovada uma indicação dos vereadores Raul Chaves e Fábio Chaves solicitando a disponibilização do espaço nos fundos do Ginásio de Esportes do bairro Cohapar para construção pela comunidade de uma pista de skate. De acordo com o líder do governo, Laudi Carlos de Santi “Tato”, a intenção dos vereadores, da Associação de Skatistas de Guaratuba e de empresários pode ser facilitada com a aprovação do Projeto de Lei nº 1.367. O PL 1.367, de autoria da prefeita Evani, institui as parcerias público-privadas (PP) no município.

Por fim, foi aprovado um requerimento do vereador Mauricio Lense para o secretário municipal de Obras, Viação e Serviços, Roberto Hishida, comparecer à Câmara para explicar o trabalho de manutenção de ruas da cidade. Um requerimento de Comissão Parlamentar de Inquérito sobre a iluminação pública, assinado por quatro vereadores – Artur Santos, Mauricio Lense, Maria Batista e Itamar Junior –, foi encaminhado para análise da Mesa Diretora e ao Departamento Jurídico em virtude de dúvidas sobre o preenchimento dos requisitos regimentais na sua redação – artigos 67 e 70 do Regimento Interno da Câmara.

Quatro vereadores ocuparam a Tribuna: Fábio Chaves, Maurício Lense, Itamar Junior e Laudi Carlos de Santi “Tato”.

Deu entrada na sessão, o Projeto de Lei nº 1.367, de autoria da prefeita Evani Justus, que institui as parcerias público-privadas (PP) no município.

Fonte e foto: Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Guaratuba
Leia também
Comentários
Carregando...