Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Carroceiros fazem protesto em frente à Câmara de Guaratuba

Cerca de 50 carroceiros fizeram um protesto em frente à Câmara de Vereadores de Guaratuba, na tarde desta segunda-feira (28).

O motivo do protesto é um projeto de lei que o vereador Almir Troyner informou que iria apresentar para proibir uso de cavalos e outros animais em carroças e charretes”. A informação foi publicada nesta sexta-feira (25) o Facebook pelo próprio vereador e recebeu mais de uma centena de “curtir”, além de comentário, a maioria favoráveis..

Foi pela rede social que as pessoas que trabalham com carroças, a maioria na coleta de materiais recicláveis e fretes, ficou sabendo e organizou a mobilização. Segundo os manifestantes, mais de cem famílias utilizam a carroça para conseguir alguma renda.

Ao chegarem na Câmara, eles foram recebidos pelo próprio vereador. Almir Troyner os conduziu até o plenário e ouviu as reclamações. De acordo com o vereador, o projeto não será apresentado sem ouvir os carroceiros. Ele se comprometeu a realizar uma audiência pública e incluir sugestões da comunidade antes de concluir a redação do projeto.

Entre as propostas dos carroceiros, dona Rosa Alves, que possui “mais de dez cavalos e não os utiliza para a reciclagem” sugeriu a criação de uma estrebaria ou haras onde eles pudessem cuidar melhor dos animais.

Ingrid dos Santos sugeriu um serviço de veterinário que eles pudessem pagar. Cida Januário assegurou que a grande maioria dos carroceiros tratam bem os animais. “Ninguém cuida mais dos cavalos do que nós que dependemos deles”, disse Cida.

Audiência pública – Logo após a reunião, Troyner postou no Facebook que o projeto vai propor de onde pode se tirar o dinheiro para formas de apoio e qualificação profissional dos carroceiros. “Será um projeto modelo para os protetores de animal, porém sem prejudicar os nossos carroceiros, pela primeira vez eles terão um tratamento digno de quem trabalha de sol a sol”.

Logo depois de conversar com Troyner, os carroceiros se dirigiram ao gabinete do presidente da Câmara, Mordecai de Oliveira, que os recebeu junto com os vereadores Juarez Galego, Laudi Tato, Raul Chaves e Fábio Chaves, com quem estava reunido. Oliveira e os demais vereadores asseguraram que nenhum projeto envolvendo os carroceiros será aprovado sem ouvir os principais interessados. Todos defenderam a proteção dos animais contra maus-tratos, mas sem prejudicar o sustento das famílias de carroceiros.

 

 

 

 

Leia também
Comentários
Carregando...