Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

MP cobra atualização do site da Câmara de Antonina

fachadaA Câmara de vereadores de Antonina tem prazo de 30 dias para divulgar informações completas e atualizadas em seu Portal da Transparência.

Na quinta-feira (2), a 1ª Promotoria de Justiça da comarca expediu recomendação ao presidente da Câmara, Márcio Balera.

O Ministério Público aponta que o portal da Câmara de Antonina está “reiteradamente indisponível” ao ser acessado no site oficial, o que dificulta o controle da gestão pública por parte dos cidadãos.

Conforme a recomendação, o órgão terá que disponibilizar diversas informações ao público, incluindo dados sobre licitações, compras diretas, contratos e convênios, gastos com diárias, planos de carreira e estruturas remuneratórias, balanços, estrutura organizacional, entre outros.

Pontal 40 milhões

A Promotoria de Justiça destaca que, segundo o artigo 5.º, XXXIII, da Constituição Federal, todos têm direito a receber dos órgãos públicos informações de seu interesse particular, ou de interesse coletivo ou geral, ressalvadas aquelas cujo sigilo seja imprescindível à segurança da sociedade e do Estado. Além disso, a Lei de Acesso à Informação também prevê o acesso a dados relativos à gestão pública.

Leia também

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More