Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná
Matinhos abril 24 Curtiu a Diferença 1070 200 iluminação

Procurado chama a PM para prender irmão e vai preso junto

Aconteceu na manhã desta sexta-feira (30), em Matinhos. Na quarta-feira, um casal de irmãos foram presos com um veículo furtado.

Na manhã de sexta-feira, um homem de 35 anos chamou a Polícia Militar por que estaria sendo ameaçado pelo irmão mais novo, de 22 anos.

“Com o nome dele em mãos, consultamos o sistema e confirmamos a denúncia de que era foragido. A equipe, então, deslocou até o endereço, por volta das 8h23, na rua La Paz, no balneário de Gaivotas”, conta a comandante da subárea de Matinhos da Polícia Militar, capitã Roberta Mildemberger.

Segundo o soldado Celso Carazzai, que junto com o soldado Alex Almeida efetuou a prisão, ao chegar no local o rapaz. “Ele correu e pulou muros, entrando em residências vizinhas, mas conseguimos cercá-lo e abordá-lo”, descreve Carazzai. No local, os documentos dos suspeitos foram consultados, o que apontou que ele era foragido da Colônia Penal de Piraquara”, conta o soldado.

Ainda segundo Carazzai, quando iam levar o rapaz à delegacia, resolveram checar os documentos da vítima. “Para nossa surpresa, o denunciante, também estava com mandado de prisão em aberto. No momento da consulta ele tentou enganar a equipe invertendo o nome, mas não adiantou”, relata. Os dois irmãos foram levados à delegacia.

Casal de irmãos com mandado de prisão é preso com carro roubado

Dois irmãos, com mandado de prisão em aberto pelo crime de furto qualificado, foram presos nesta quarta-feira (28), também em Matinhos. Na ação um carro foi recuperado.

Segundo a capitã Roberta Mildemberger, a equipe recebeu informações de que um carro Megane, com alerta de furto, estaria sendo conduzido por um foragido da justiça nas proximidades do balneário de Saint Etiene.

“Os policiais realizaram diligências na região e conseguiram abordar o veículo. Durante consulta das placas no sistema foi constatado que o carro estava com alerta de furto. No seu interior havia dois irmãos, um homem e uma mulher”, conta a capitão Roberta.

“Verificamos os documentos dos irmãos e descobrimos que ambos possuíam mandados de prisão em aberto pelo crime de furto qualificado expedido pela 1º Vara Criminal de Rio Negro”, explica a oficial.

Fonte: Marcia Santos / PMPR
Leia também