Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Combate à dengue em Guaratuba é um trabalho permanente

Nesta quarta-feira (29), a Prefeitura de Guaratuba realizou mais uma ação contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, no bairro Piçarras. Foram recolhidos 10 caminhões de entulhos durante a ação.

O mutirão faz parte das ações permanentes de combate ao mosquito da dengue no município. Do início de janeiro até essa semana, mais de 19 mil imóveis foram vistoriados pelos agentes de endemias da Secretaria Municipal da Saúde. Destes, 218 focos do mosquito foram identificados e estão sendo monitorados. Quando é encontrado um foco do mosquito, a área é delimitada em 300 metros ao redor e fica em monitoramento por 18 meses. Os bairros com mais focos identificados são o Piçarras, Canela, Caieiras e Centro.
O trabalho da Vigilância Sanitária e Ambiental também ocorre em 57 pontos estratégicos no município, que são locais mais propensos a criadouros do mosquito, como borracharias, lojas de material de construção, ferro velho, prédios abandonados etc., com vistoria a cada 15 dias.

As armadilhas “ovitrampas”, que coletam os ovos do mosquito, são colocadas em apenas algumas áreas da cidade. A agente de endemias, Marjorie Casas, explica que a armadilha é um método de amostragem mais usado por municípios que não fazem um acompanhamento casa a casa, o que não é o caso de Guaratuba que tem agentes suficientes vistoriando os imóveis de toda a cidade regularmente. “O uso das armadilhas complementa as ações de rotina, garantindo uma melhor compreensão da distribuição do mosquito no município”, destaca a agente.

A agente ainda conta que a maioria dos recipientes encontrados com focos do Aedes aegypti na cidade são em pequenos recipientes móveis como garrafa pet, copos descartáveis, tampinhas, prato e vaso de planta, panela, balde etc.

Pré-Ação e Ação contra o mosquito transmissor da dengue

Antes do arrastão, nesta segunda-feira (27), ocorreu uma pré-ação com a participação de alunos das escolas estaduais orientando os moradores para separar o lixo reciclável e todos os tipos de depósitos que acumulem água, para serem recolhidos no dia do mutirão.
O mutirão envolveu agentes de endemias, funcionários da Vigilância Sanitária e agentes de limpeza da Transresíduos que realizaram limpeza de ruas, retirada de lixo de terrenos e trabalho de conscientização dos moradores para que os mesmos deem destino correto ao lixo.

O Comitê Municipal Contra a Dengue é formado pelas secretarias Municipais da Saúde, da Educação, do Meio Ambiente, da Infraestrutura e Obras e da Administração.
A Prefeitura de Guaratuba ressalta que é sempre importante tomar medidas simples, como não deixar água parada em vasos de plantas e pneus, evitando assim os focos de reprodução do mosquito para que não haja infestação.

 

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...