Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Morretes vai reabrir turismo com reservas e controle na entrada

Turista deve acessar o site www.morretesdestinocerto.com.br para fazer um cadastro e gerar um QR Code

O Morretes Convention & Visitors Bureau, que reúne empresas ligadas ao turismo, anuncia a abertura da cidade para os turistas a partir do dia 7 de agosto. Mas as barreiras continuam e o turista terá de se cadastrar e fazer reserva do local que irá visitar. Haverá limite de visitantes: “3.770 pessoas”.

Até o momento, a Prefeitura vinha mantendo barreiras nos acessos ao município. De acordo com decreto do prefeito Osmair Costa Coelho “Marajá”, foi proibida a entrada e a circulação de veículos, bicicletas, motocicletas ou similares, que transportem turistas ou pessoas de outros municípios, “cuja justificativa para a entrada ou permanência no município seja a prática de turismo, de esportes, de lazer, de descanso”.

De acordo com os empresários, o Ministério Público e a Prefeitura de Morretes autorizaram a “reabertura cautelosa do turismo na cidade, embasada nas orientações da Organização Mundial da Saúde e de especialistas no combate à pandemia do novo coronavírus”.

Para acessar a cidade, o visitante terá de realizar a reserva ou compra do passeio e serviço diretamente com o estabelecimento que irá visitar. Em seguida, deve acessar o site www.morretesdestinocerto.com.br para fazer um cadastro e gerar um QR Code, que será apresentado na barreira sanitária.

O objetivo da ferramenta é controlar o fluxo na cidade e fazer rastreamento de contatos, caso necessário. Segundo os empresários, cerca de 3.770 pessoas poderão visitar a cidade, com acesso restrito a sextas, sábados e domingos, desde que com destino certo e cronograma de visitação definidos”. Sem o cadastro e QR Code, o turista não poderá visitar a cidade.

Cerca de 50% da população economicamente ativa depende direta ou indiretamente do setor do turismo na cidade, que desde o mês de março, quando as atividades foram suspensas, registrou prejuízo de aproximadamente R$ 8 milhões.

“A reabertura do turismo vem para para resgatar muitos empregos e empresas que estão à beira da falência. O comprometimento dos empresários é forte, visto que a saúde dos turistas e dos munícipes é uma prerrogativa para nós abrirmos. Temos plena consciência disso e as empresas estão capacitadas, dentro de cada área, para fazer valer todos os protocolos de segurança”, comenta o presidente do Morretes Convention e Visitors Bureau, Lourenço Malucelli.

Leia também
Comentários
Carregando...