Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Balanço de junho mostra encalhes e reabilitação de animais marinhos

Durante o mês de junho, o Projeto de Monitoramento de Praias registrou o encalhe de 84 animais marinhos no Litoral do Paraná. Foram 72 animais mortos e 12 vivos, entre eles, uma gaivota, uma tartaruga-verde e uma fragata que estão em tratamento no Centro de Reabilitação, Despetrolização e Análise de Saúde da Fauna Marinha (Cred) da UFPR, em Pontal do Paraná.

A equipe do Laboratório de Ecologia e Conservação da UFPR (LEC-UFPR) atendeu no mês 46 acionamentos de moradores locais que resultaram em 20 encalhes registrados. Foram realizadas 33 necropsias, com destaque para uma baleia jubarte encalhada na ilha do Superagui, um lobo-marinho-do-sul , 12 tartarugas-verdes e três botos-cinzas. 

No balanço mensal, o LEC destacou o registro de 11 botos-cinzas mortos, um número expressivo de encalhes da espécie para o período. 

Entre os momentos positivos, a equipe comemora a reabilitação e soltura de uma gaivota e um trinta-réis-de-bico-vermelho.

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade como condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras.

O PMP-BS é realizado desde Laguna (SC) até Saquarema (RJ), sendo dividido em 15 trechos. O LEC/UFPR é responsável por monitorar e avaliar os encalhes no trecho 6: Guaratuba, Matinhos, Paranaguá, Pontal do Paraná e Guaraqueçaba.

Leia também
Comentários
Carregando...