Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Irmão confessa ter matado catador em disputa por terreno

Edilson Santos, 28 anos, o “Buiú” – Foto: Folha de Pontal
Edilson Santos, 28 anos, o “Buiú” – Foto: Folha de Pontal

O catador de material reciclável Odair Pereira Brito, o popular “100 Gramas”, de 40 anos, teria sido morto por causa da disputa por um terreno.

De acordo com o jornal Folha de Pontal, seu meio-irmão – por parte de pai – Edilson Santos, 28 anos, o “Buiú” foi preso por policiais civis na manhã desta terça-feira (3) e teria confessado o crime. A reportagem da Folha de Pontal disse que conversou com o Buiú, que disse estar arrependido do crime.

O homicídio aconteceu na madrugada desta terça-feira, na rua Camorão, no balneário Ipanema IV, em Pontal do Paraná. Segundo a Folha de Pontal, Buiú contou ao delegado Nilson Diniz que o desentendimento foi originado por causa de um terreno compartilhado com o irmão. O autor disse que levou uma tijolada e partiu pra cima do irmão com a machadinha.

Na confusão, a machada caiu e 100 Gramas teria ferido Buiú no braço direito. Ele conseguiu tomar a arma novamente e desferiu vários golpes que causaram sua morte. O autor, depois de autuado, foi encaminhado ao Hospital Regional de Paranaguá por conta do ferimento.

Anteriormente, a Polícia investigou a suspeita de que o crime teria sido cometido por “Buda e Nelson” que teriam roubado sacos de cimento e foram vistos por “100 Gramas”. A Polícia Civil levou quatro horas para elucidar o crime desde o momento em que o corpo foi encontrado, na manhã desta terça-feira.

Foto: Comando Fotógrafo

 

Fonte: Folha de Pontal
Leia também
Comentários
Carregando...