Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Projeto para estradas rurais atende agricultura e dez comunidades

A Prefeitura de Guaratuba continua consertando os estragos provocados chuvas na área rural em um projeto que vai melhorar muito as condições de acesso para as comunidades da região.

O projeto de Recuperação da Trafegabilidade das Estradas Rurais é realizado em convênio entre a prefeitura e a Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento. O trabalho é executado com as máquinas do PAC pela equipe da Secretaria de Obras, com acompanhamento e apoio da Secretaria de Pesca e Agricultura.

Os recursos foram conseguidos em virtude de Guaratuba ser um importante produtor rural, sendo o principal do Estado no cultivo de banana. A manutenção das estradas é fundamental para escoamento da produção além de elas serem as únicas vias de acesso para diversas comunidades.

No projeto apresentado ao governo estadual, a a Secretaria de Pesca e Agricultura explicou a importância da manutenção permanente, sobretudo nos meses de mais chuva, costumeiramente março e agosto.

Dez comunidades atendidas

Ao todo serão recuperados e mantidos 46 quilômetros, em quatro trechos:
1) Do Caovi, na divisa com Santa Catarina (Garuva), até o local da balsa do rio Furado, num trecho de 23 km.
2) Da Escola do Cubatão até o início da trilha ecológica, com 6 km.
3) Do rio Cubatão até a foz do Ribeirão Grande, com 20 km.
4) Estrada da Limeira até o limite com o município de Morretes, com 7 km.

O projeto vai atender dez comunidades: Caovi, Pai Paulo, Taquaruvu, Vitório, Cubatão, Cubatãozinho, Rasgado, Rasgadinho, Ribeirão Grande e Limeira.

De acordo com o secretário de Pesca e Agricultura, Paulo Pinna, o trabalho poderá ser concluído em 90 dias.

 

Territórios da comunidade pesqueira

A Secretaria de Pesca e Agricultura também está promovendo a regularização de dois portos públicos na Barra do Saí. Após realizar o levantamento topográfico, a Prefeitura já está encaminhando a documentação à Superintendência do Patrimônio da União no Paraná.

O trabalho vai garantir os definitivamente espaços à comunidade pesqueira contra a especulação imobiliária e a crescente urbanização do bairro.

 

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...