Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Dados oficiais mostram que Litoral deveria ser prioridade na Segurança

Wagner Mesquita dá entrevista e comemora resultados no combate ao crime – Foto: Soldado Feliphe Aires
Wagner Mesquita dá entrevista e comemora resultados no combate ao crime – Foto: Soldado Feliphe Aires

Relatório de homicídios no 1º semestre e as declarações do secretário Mesquita indicam que o Litoral deveria ser prioridade para o Governo do Paraná.

Segundo informações não detalhadas divulgadas nesta sexta-feira (7) pela Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária (Sesp), de janeiro a junho foram 1.236 ocorrências do crime de homicídio doloso em todo o Estado, variação de 1% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Sobre o Litoral, o Governo apenas informou que houve 8 homicídios a mais que no mesmo período de 2015. Levando em consideração as estatísticas da Sesp, houve 56 homicídios no 1º semestre de 2015 nos sete municípios. Com base nestas informações, o aumento foi de 14,29%.

No mesmo período, Curitiba teve 14 assassinatos a mais, uma oscilação de 6,42%, enquanto que na Região Metropolitana houve redução de 3%, com 340 homicídios dolosos no período. Tendência de queda também foi registrada nas regiões de Maringá (-23%), Ponta Grossa (-9,3%), Guarapuava (-20%) e Cascavel (-37%), por exemplo.

Segundo o próprio governo, em 2016, mesmo com a situação crítica no Litoral, as atenções se voltaram para a região de Londrina:

“Na 20ª Área Integrada de Segurança Pública (Aisp), cuja sede é Londrina, houve sete crimes a mais na comparação entre os primeiros semestres dos dois anos, passando de 41 homicídios em 2015 para 48 neste ano. No mês de janeiro, a cidade de Londrina enfrentou uma onda de mortes violentas, período após o qual a Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária estruturou uma força-tarefa, com atuação das polícias Militar e Civil intensificada, que resultou na redução dos índices criminais”, informa o site oficial da Sesp.

Segundo o secretário da Segurança Pública, Wagner Mesquita, “nos últimos sete anos, de diminuição nos índices de homicídio, resultado de um trabalho focado por parte tanto da Polícia Judiciária, com especialização de equipes, criação de novas delegacias de homicídio, como de um policiamento preventivo e ostensivo, focado em áreas de maior incidência dessa modalidade criminosa (homicídio)”.

Sete anos depois, o Litoral finalmente poderá ser foco desta política de segurança.

Guaratuba – De acordo com a Sesp, em 2015, houve 21 homicídios em Guaratuba.

Segundo o Jornal de Guaratuba, em 2016, até este sábado (8), haviam sido cometidos 25 homicídios no Município. Na madrugada deste domingo (9) ocorreu o 26º homicídio: o jovem Paulo Sérgio Lopes Guimarães Filho foi morto a tiros na rua Juvevê, no bairro do Cohapar II. 

Estatísticas oficiais registram 104 homicídios no Litoral em 2015:

Paranaguá: 44
Guaratuba: 21
Matinhos: 21
Pontal do Paraná: 12
Antonina: 6
Morretes: 0
Guaraqueçaba: 0

homicidios-litoral2015

Fonte: Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária

http://www.seguranca.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=10366&tit=Seguranca-divulga-relatorios-criminais-do-primeiro-semestre

http://www.seguranca.pr.gov.br/arquivos/File/Relatorio_Mortes_PR_4trimestre2015atualizado.pdf

http://www.seguranca.pr.gov.br/arquivos/File/Relatorio_Estatistico_2Trimestre_2016.pdf

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...