Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Praça Central de Guaratuba receberá 33 árvores nativas, diz Prefeitura

A Prefeitura de Guaratuba divulgou, na noite desta terça-feira (31), uma nota sobre o a obra de revitalização da praça Coronel Alexandre Mafra (“Praça Central”) e a derrubada de dois pinheiros, o que gerou grande polêmica nos últimos dias. A nota afirma que o principal objetivo do projeto “é preservar o acervo histórico e cultural da cidade”.

A Prefeitura também informa que as árvores derrubadas são da espécie Pinheiro de Norfolk, “espécie exótica, sem restrição ambiental de corte, contraindicada para implantação em praças, especialmente em razão de sua altura e ausência de copa”.

Explica ainda que as árvores não são “centenárias” como espalhou-se nas redes sociais: “ao contrário do que está sendo dito, não se trata de uma árvore centenária, pois foi plantada após a década de 60, quando então a única vegetação existente eram cinco palmeiras e nada mais”.

No lugar dos pinheiros e de outras árvores que serão removidas, serão plantadas 33 espécimes nativas: 8 jacarandás-mimosos, 15 capororocas e 10 goiabeiras-serranas.

Sustentabilidade

Corredor para os pássaros

Em conversa com o Correio do Litoral, o arquiteto Arthur Eduardo Becker Lins, que coordenou o projeto escolhido no concurso nacional organizado pelo Instituto de Arquitetos do Brasil, explicou, em agosto de 2017, que o plantio de árvores nativas vai atrair mais pássaros que transitam entre os morros do Pinto e Morretes.

Explica o projeto apresentado: “O desenho propõe a conexão e valorização dos elementos históricos remanescentes, a integração de áreas verdes e o ecossistema local, e principalmente o resgate da relação da cidade e da praça com a Baía de Guaratuba. Na Rua Vieira dos Santos um corredor verde conecta a massa vegetal que cobre os morros junto à área urbana. A implantação de árvores nativas enfatiza a necessidade de manutenção do equilíbrio ambiental e qualifica os espaços da cidade”.

O desenho atual da praça foi construído a partir de 1955, na primeira gestão do prefeito Miguel Jamur, e teve poucas alterações desde esta época.

Veja as imagens do projeto escolhido, que foi elaborado pelos escritórios Desterro Arquitetos”, “Bloco B Arquitetura” e “Giz de Terra Paisagismo”, todos de Florianópolis. Abaixo a íntegra da nota da Prefeitura.

Nota de Esclarecimento

O Projeto de Revitalização da Praça Cel. Alexandre da Silva Mafra, conhecida como Praça Central de Guaratuba, foi aprovado através de Concurso Nacional de Projetos, que contemplou inclusive a realização de audiências públicas.

O principal objetivo do projeto é preservar o acervo histórico e cultural da cidade, valorizando o comércio do entorno da praça, atraindo mais turistas ao centro histórico, proporcionando segurança e acessibilidade.

O projeto conta com estudo paisagístico e se preocupou em manter as espécies nativas da região, oriundas do Bioma da Mata Atlântica.

Em relação à árvore que está sendo questionada, conforme registrado na nota técnica da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, teve sua remoção autorizada pelos órgãos responsáveis porque se trata de um Pinheiro de Norfolk, espécie exótica, sem restrição ambiental de corte, contra-indicada para implantação em praças, especialmente em razão de sua altura e ausência de copa.

A árvore será substituída por outras, nativas da nossa região. Serão mais de 33 unidades, tais como oito Jacarandás-mimosos, quinze Capororocas e dez Goiabeiras-serranas, restaurando não somente a flora local, mas também a fauna ao atraindo as aves da região.

Outro fator importante e que merece destaque é o fato que, ao contrário do que está sendo dito, não se trata de uma árvore centenária, pois foi plantada após a década de 60, quando então a única vegetação existente eram cinco palmeiras e nada mais, como se depreende da fotografia histórica da Praça.

Desta forma, a supressão da referida árvore não causa impacto ambiental nem tampouco fere a cultura histórica local, vez que, com já destacado, nem sequer é uma espécie nativa do litoral.

Estamos à disposição para maiores esclarecimentos e entrevistas com os responsáveis caso necessário.

Atenciosamente,
Departamento de Comunicação – Prefeitura de Guaratuba

Foto da Praça Central antes do desenho atual construído em 1955

 

 

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...
error: Content is protected !!