Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Equipe da Prefeitura de Guaratuba estuda aspectos técnicos da pavimentação com paver

O secretário municipal de Urbanismo, Fernando Gonçalves Cordeiro, engenheiros e arquitetos do município receberam, nesta quinta-feira (14), o representante da Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP) para tratar de aspectos técnicos da pavimentação com blocos de concreto intertravado (paver).

O gerente da Regional Sul da ABCP, Alexsander Maschio, apresentou estudos comparativos entre o piso a base de cimento e o asfalto, demonstrando vantagens no custo, no impacto ambiental e na manutenção.

A Prefeitura de Guaratuba tem adotado o piso de concreto intertravado em muitas obras de pavimentação de ruas, calçadas e praças. O uso do material gera economia na manutenção, favorece a utilização de mão de obra local não especializada tanto na sua colocação quanto nos reparos, melhora as condições de drenagem e tem diversas vantagens pouco conhecidas.

Maschio apresentou estudos que demonstram que as ruas com piso de concreto geram economia na iluminação pública, pois ele reflete mais a luz do que o asfalto. Durante o dia, também reduz o calor na rua em comparação com o asfalto. Uma característica interessante é o fato de permitir sinalização horizontal permanente, com o uso de blocos de cor diferente – brancos para faixas de pedestres, por exemplo.

De acordo com a ABCP, a pavimentação de piso intertravado tem um custo 2% menor que o asfalto na sua construção, mas que chega a 40% no decorrer de 20anos, em virtude da manutenção mais barata.

Em setembro de 2018, o prefeito Roberto Justus, assinou um termo de cooperação técnica com a ABCP. O objetivo foi desenvolver e implementar projetos e inovações tecnológicas, capacitação e aprimoramento dos técnicos do Município quanto aos sistemas construtivos a base de cimento.

Técnicos da entidade também vão auxiliar no termo de referência para a elaboração do Plano de Mobilidade Urbana do Município que todas as cidades terão de fazer. O convênio não tem custo para o Município.

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...
error: Content is protected !!