Desculpas contra a ponte de Guaratuba

Desde o início da luta pela ponte na baía de Guaratuba, acostumamos a ouvir as mais absurdas desculpas para a não construção.

Venho trazer ao leitor esses questionamentos e a deixo a cada um de vocês, considerar como verdadeiras ou não.

1) Para que a ponte? A maioria da população detesta visitas e facilitaria para ir mais gente encher o saco com música alta.

2) A ponte vai congestionar de caminhões. Tem que abrir a BR-101.

3) A ideia é boa, mas não serve para as nossas cidades praianas, pois iria ser passagem de caminhões, ônibus, automóveis, querendo pegar um “atalho” para chegar em Paranaguá, Curitiba, ou seguindo em direção a São Paulo e restante do Brasil. Passaria por dentro de Guaratuba, Matinhos e outros…

4) Sou contra a construção de uma ponte sobre a baía de Guaratuba porque destruiria a biodiversidade da região.

5) A ponte em qualquer configuração seria com certeza uma das obras mais inúteis do Estado. Definitivamente não precisamos desse elefante branco que seria usada apenas por uma minoria em férias.

6) Ridícula essa ideia de ponte. Além de estragar o visual vai trazer mais poluição para baia, e não vai beneficiar em nada a cidade de Guaratuba. O ideal era construir um túnel por debaixo da baia como em Osaka no Japão. É um alto investimento, mas não vai prejudicar o ecossistema e nem criar uma poluição visual. A já sei, é como política, obras debaixo a terra ninguém dá valor, o negócio mesmo é fazer pontes, asfalto e detonar a baia só assim todo mundo dará valor não é. Ai mudamos o curso das correntes marítimas na baia e novamente acontecerá uma catástrofe como em 1968 que levou parte da baia por causa de um mero trapiche feito de pedra. Essa ideia de ponte esqueçam!!! É melhor por enquanto ficar do jeito que está.

E dessa forma nos perdemos com tantas desculpas para a não construção da ponte.

 

Comente esta notícia

comentários