Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Guaratuba reúne bananicultores do Paraná e de Santa Catarina

O IV Encontro Regional da Cultura da Banana no Litoral do Paraná reuniu, nesta quarta-feira (4), em Guaratuba, produtores de Guaraqueçaba, Antonina, Morretes e Paranaguá e de diversas cidades de Santa Catarina. A reportagem encontrou representantes das cidades catarinenses de Jaraguá, Massaranduba, Pomerode, Tubarão e da vizinha Garuva.

O evento aconteceu pela manhã e a tarde, no salão comunitário da Igreja de São Joaquim, na localidade do Cubatão.

O chefe da Regional da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento (Seab), Maurício Tadeu Lunardon, participou do evento e destacou a importância da bananicultura do litoral, que é responsável por metade da produção do Paraná. Ele também comentou as boas condições da estrada e a construção de pontes na estrada rural de Guaratuba que vai do limite com o município de Morretes até a divisa com Santa Catarina, em Garuva, citando a nova ponte sobre o rio Cubatão.

O prefeito Roberto Justus também esteve no evento e destacou a parceria com a comunidade nas conquistas da administração, inclusive na manutenção das estradas e na construção da ponte. Também falou do empenho e dedicação dos produtores e dos servidores públicos, do município e dos órgãos estaduais envolvidos na organização do importante evento.

Também falaram na abertura, a engenheira agrônoma e produtora Elaine Stolf, o gerente regional do Emater no Litoral, Satoshi Osmar Nonaka, e o gerente de relacionamento do Banco do Brasil de Guaratuba, Rui Alex Jablonski, que falou sobre o Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar), e afirmou que exigem recursos disponíveis para todos os agricultores que buscarem o financiamento

O encontro regional foi realizado em parceria entre a Prefeitura de Guaratuba, o Instituto Emater, Adapar, Seab e a associação dos bananicultores (Aspag), com participação da Epagri, órgão do governo de Santa Catarina equivalente ao Emater no Paraná.

O foco principal do evento foram as formas de combates às pragas que ameaçam as plantações. Palestras e orientações foram dadas por engenheiros agrônomos e técnicos dos órgãos públicos e de empresas ligadas à agricultura. No período da tarde, os participantes fizeram atividades em campo.

Confira a programação:

9h – Abertura

9h30 – Barreira Fitossanitária para FOCO – Jean Sander Gonçalves / Adapar

10h – Ácaro vermelho da cultura banana: identificação, controle e manejo integrado – Adapar

11h – CTC em solos bananeiras – eng. agr. Luis Carlos MagaId Filho / Technes

11h45 – Nutrição dirigida a sazonalidade climática para bananeiras – eng. agr. Anderson Luiz Mees / Daymsa

12h30 – Almoço

13h30 – Excessos de nutrientes, implicações e manejo – eng. agr. Humberto Figueiredo / Yhara

13h30 – Manejo integrado de Pragas / Atividade em Campo: Monitoramento de Sigatoka, Controle biológico de pragas dos cachos, Controle biológico de Nematóides e Controle biológico de Broca da Bananeira – eng. agr. Sebastião Bellettin / Emater – eng. agr. Paulo R. W. Barbosa / Emater – eng. agr. Elaine Cristina Stolf / Aspag – tec. agr. Dagoberto da Silva / Prefeitura Municipal de Guaratuba

 

Com informações e fotos da Prefeitura de Guaratuba

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...