Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

PM faz balanço positivo do feriado no Litoral

Ouça a notícia

As praias estiveram movimentadas e as equipes de fiscalização tiveram grande dificuldade para evitar aglomerações e a invasão de locais interditados, mas alguns bons resultados foram obtidos no feriado de Nossa Senhora Aparecida, conforme o primeiro balanço divulgado pelo Batalhão Litorâneo da Polícia Militar (9º BPM).

A supervisão da operação coube ao 1º tenente Rildo Fausto Kops Neto, comandante da 2ª Companhia da PM, que abrange Matinhos e Pontal do Paraná.

“De forma geral, houve redução da movimentação de pessoas no litoral principalmente no período noturno do domingo”, avalia o relatório parcial. “O movimento de visitantes na Ilha do Mel tem sido bastante organizado desde a chegada na Praia de Encantadas”, começa o relatório. Os turistas já chegavam cadastrados e somente entregavam o termo de responsabilidade já assinado para o pessoal da prefeitura”, explica sobre a recepção na Ilha do Mel. “Os momentos de aglomeração reduziram bastante”, informa a PM.

O apoio do Batalhão de Operações Aéreas (BPMoa) realizou sobrevoo sobre a ilha e possibilitou uma visão geral e, em parceria com a Patrulha Costeira, inibiu excessos dos condutores de jet-skis e embarcações. O BPMoa percorreu toda a orlas de Pontal. Matinhos e Guaratuba e repassou informações para as prefeituras poderem planejar suas ações de fiscalização.

Em Matinhos, a Rotam realizou patrulhamentos e manteve Ponto Base na Praia Mansa, entre 20h e 4h, não foram verificadas aglomerações ou “excessos sonoros”.

A Companhia de Trânsito (Cotamotran) teve atuação intensa em Pontal do Paraná na abordagem de pessoas e de veículos, bem como fiscalização de trânsito. As viaturas do Choque/Bope atuaram divididas entre Pontal, Matinhos e Guaratuba. A Aifu (Ação Integrada de Fiscalização Urbana atuou com quatro viaturas distribuídas por Pontal, Guaratuba e Matinhos com diversos atendimentos das ocorrências de perturbação do sossego.

Rádio Patrulha, equipe supletivas e efetivo de apoio do Pelotão de Comando e Serviços (PCS) do 9° BPM trabalharam para redução da demanda reprimida. A Equipe P/2 da Unidade em contato com oficial supervisor repassou informações que auxiliaram na aplicação do efetivo ostensivo, bem como realizou assessoramento sobre os pontos de aglomeração.

Indicadores – dados das companhias da PM

Em Paranaguá, aproximadamente 9% das ocorrências não foram atendidas por falta de viaturas e 46% das ocorrências foram perturbação do sossego.

Em Matinhos, aproximadamente 8% das ocorrências não foram atendidas por falta de viaturas e 53% das ocorrências foram perturbação do sossego.

Em Guaratuba, aproximadamente 1% das ocorrências não foram atendidas por falta de vituras e 69% das ocorrências foram perturbação do sossego.

Com informações do Batalhão Litorâneo – Imagem: BPMoa

Leia também
Comentários
Carregando...