Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Dois homicídios nas últimas duas noites em Guaratuba

No primeiro caso, um homem foi morto a pauladas e facadas por dois irmãos. No segundo, ocorrido entre a noite de sábado e a madrugada de domingo (30), foi morto André Luiz Cordeiro dos Anjos, de 22 anos – a informação é de Marcello Fuja Loko, da Rádio Litorânea.

Morto a pauladas e facadas por dois irmãos

O primeiro homicídio do final de semana foi relatado pela Polícia Militar e publicado no estilo das resenhas policiais pelo site Cidadão em Ação, de Paranaguá, que o Correio editou. Leia:

Por volta da meia-noite e meia de sábado (29), a Polícia Militar foi informada pelo telefone 190 de que, em Guaratuba, “pessoas estavam conversando sobre um homicídio”. Essas pessoas teriam dito que mataram um homem a facadas e pauladas.

Uma equipe foi até o local, no bairro Vila Esperança, e conversou com moradores que informaram onde teriam ouvido a conversa e onde o corpo estaria. Quando os policiais entraram no terreno indicado, encontraram várias poças de sangue e sinais de que um corpo ferido teria sido arrastado para o fundo do espaço. A equipe encontrou o corpo de Carlos Alves, conhecido como “Bruxo”, de 41 anos, bastante machucado e “praticamente morto”.

Uma ambulância dos bombeiros foi até o local e constatou a morte, sendo então acionada a Criminalística e o IML. Enquanto aguardavam a chegada dos peritos, os policiais receberam informações sobre o paradeiro e os nomes dos supostos assassinos.

Uma equipe da RPA foi até um bar próximo e encontrou Evelin Ribeiro e seu irmão Gabriel Candido, que confessaram ter matado o homem a pauladas e facadas. Segundo os irmãos, o motivo do crime teria sido o fato da vítima ter passado as mãos nas partes íntimas da Evelin. Os dois foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Civil de Guaratuba.

Morte no Centro

André Luis Cordeiro dos Anjos
Foto: Grupo Guaratuba Notícias (Whatsapp)/ Paulinho Max

André Luis Cordeiro dos Anjos de 25 anos, foi morto nas proximidades do Ponto Certo, loja de conveniências e bebidas que fica entre a avenida 29 de Abril e a rua Dr. Carlos Cavalcanti, no Centro de Guaratuba.

Ele foi atingido por três tiros na cabeça e no peito. Segundo testemunhas, pouco antes do homicídio três pessoas passaram por Andre, que pediu desculpas. Em seguida, as pessoas ouviram os disparos. Segundo fontes, as testemunhas reconheceram os rapazes como o menor “F.G.D”; Ricardo, vulgo “Gangster” e outro não identificado. Após o crime, os três fugiram em um Fiat Pálio.

“F” foi preso pela Polícia Militar em casa. Na Delegacia da Polícia Civil ele foi reconhecido por testemunhas. Até a manhã desta segunda-feira (31) a polícia não localizou os outros dois suspeitos.

 

 

Com informações do site Cidadão em Ação / PMPR
Fotos: Grupo Guaratuba Notícias (Whatsapp)/ Paulinho Max

 

 

Leia também
Comentários
Carregando...