Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Guaratuba já tem 6 profissionais do Mais Médicos

Guaratuba recebeu nesta semana o sexto profissional do projeto Mais Médicos, do governo federal.

Marcos Sereja, brasileiro formado na Argentina, vai atuar na Unidade Básica de Saúde do Centro, que funciona junto com a Vigilância Sanitária, na rua Antônio Rocha, 595. Como os demais médicos, ele vai trabalhar na Estratégia Saúde da Família.

Ele se junta aos cinco argentinos e uma brasileira formada no país vizinho do Mais Médicos que já estão atuando em Guaratuba. A brasileira Claudia Martins atende na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Piçarras. Ernesto Aníbal Garcia Ponce, na UBS Cohapar. Kanaus Marcos Damian, na UBS Mirim. Mirta Del Carmen Niveyro, na UBS Coroados. Ulises Rafael Szmir, vai cumprir uma escala na área rural atendendo duas vezes por semana cada localidade polo: Descoberto, Pedra Branca de Araraquara, Limeira e Cubatão.

“Até o momento, percebemos um grande impacto na atenção à saúde e um retorno significativo da população”, comentou o secretário municipal de Saúde, Alex Elias Antum. “Além da humanização, o mais importante é que estes médicos vão morar em Guaratuba. Poderão criar vínculo com a população e conhecer a realidade do município”, disse Alex.

770 Mais Médicos

O Mais Médicos foi lançado pela presidenta Dilma Rousseff no dia 8 de julho de 2013 como parte de um amplo pacto de melhoria do atendimento aos usuários do SUS, com objetivo de acelerar os investimentos em infraestrutura nos hospitais e unidades de saúde e ampliar o número de médicos nas regiões carentes do país, como os municípios do interior e as periferias das grandes cidades. Os médicos recebem uma bolsa R$ 10.457,00 , paga pelo Ministério da Saúde. Os municípios pagam auxílio-moradia e auxílio-alimentação, o que representa uma despesa de R$ 2.500,00 por mês para cada profissional.

Na segunda-feira (14), chegaram 295 profissionais do projeto ao Paraná, completando 770 médicos enviados ao Estado. Eles foram recebidos pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro, prefeitos, deputados e pela senadora Gleisi Hoffmann.

Leia também
Comentários
Carregando...