Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Estreia a temporada de cruzeiros no Litoral do Paraná

Navio ancorou no Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP) | Foto: Conrado Age/AEN

O navio MSC Lirica inaugurou no dia 1º de dezembro, a linha fixa de cruzeiros no Litoral do Paraná. Um total de 299 passageiros embarcaram no Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP) para a sequência do cruzeiro iniciado na Europa. Vários turistas, muitos deles do exterior, desembarcaram em Paranaguá.

Pontal 40 milhões

 Vindo da Europa, o navio já passou por outros portos da costa brasileira antes de chegar ao Paraná. Ele segue para Itajaí, em Santa Catarina; Punta del Este, no Uruguai; e Buenos Aires, na Argentina; retornando a Paranaguá.

Além das escalas com o MSC Lirica, a empresa MSC Cruzeiros também programou uma parada do navio MSC Musica no dia 23 de dezembro. Além desses, existe a previsão de atracação de outras três companhias de cruzeiros que fazem travessias transatlânticas com navios de menor porte.

O embarque e desembarque no navio são feitos de forma remota, ou seja, um ônibus cruzará a área portuária até o complexo turístico. Os passageiros que já estiverem no navio e quiserem descer, irão ingressar em ônibus e vans e seguirão até o complexo turístico Mega Rocio, da Igreja Católica, também em Paranaguá. De lá, eles poderão escolher os pacotes e destinos para visitação no litoral e arredores. 

Para retornarem ao navio, os passageiros deverão estar presentes no mesmo complexo turístico. Quem for embarcar no cruzeiro em Paranaguá também deverá se apresentar no Mega Rocio.

As paradas do MSC Lirica vão acontecer todas as sextas-feiras a partir deste 1º de dezembro. Os turistas poderão embarcar nos próximos dias 8, 15, 22 e 29 de dezembro, 5, 12, 19, e 26 de janeiro, 2, 9, 16 e 22 de fevereiro e 1º e 8 de março. 

As duas primeiras passagens do navio por Paranaguá já estão com as vagas esgotadas. O navio tem capacidade para 2.648 passageiros e conta com 721 tripulantes. São 988 cabines no total. 

O MSC Musica, que vai passar pelo litoral paranaense no dia 23 de dezembro, tem capacidade para 3,2 mil passageiros, em 1.275 cabines, e conta com 1.014 tripulantes. Ele sairá de Buenos Aires com destino a Montevidéu, passando por Paranaguá e Ilhabela, no Rio de Janeiro, antes de retornar à Argentina.

Espera para embarque e descida dos passageiros aconteceu no Complexo Turístico Mega Rocio | foto: Setu PR

Municípios apresentam seus atrativos

Para os passageiros em trânsito que optaram por descer no litoral paranaense, a Praça Mario Roque, no Centro Histórico de Paranaguá, foi o primeiro destino depois do porto. Uma grande tenda montada pela Adetur Litoral, com apoio da Secretaria de Turismo do Paraná, abrigou estandes dos sete municípios litorâneos que ofertam passeios, experiências gastronômicas, atrativos naturais e pacotes para os visitantes.

A previsão é que o fluxo de visitantes aumente gradualmente e de maneira significativa ao longo das semanas, uma vez que a temporada turística com embarques e desembarques dura até março de 2024. É uma ótima notícia para o setor turístico dos municípios litorâneos. 

“Este é um marco no turismo da região e uma oportunidade única para vendermos o destino Litoral para um público novo, que ainda não conhece nossas cidades históricas, praias e ilhas. A intenção não é apenas vender pacotes para o dia, mas encantar esses turistas para que retornem e recomendem passeios nas nossas cidades”, disse o presidente da Adetur Litoral, Nelson Cotovicz Filho. 

Segundo Ana Oliveira, professora e tradutora que representa o município de Matinhos, um dos pontos mais importantes é o sentimento de pertencimento gerado pela oportunidade de mostrar as raízes da população caiçara. “É importante demais mostrar de onde a gente é. Falei com cruzeiristas da Dinamarca, Estados Unidos, Montenegro e África do Sul, além de muitos argentinos. Quando você fala da cidade, mostra o município, as praias, as belezas naturais, você percebe que está realmente em um lugar maravilhoso”, comentou.

Alice Dalastra, presidente da Associação de Micro e Pequenos Empreendedores e receptiva do município de Pontal do Paraná, espera que o movimento gerado pelos cruzeiros contribua com o comércio local. “Nós queremos mostrar o que o Litoral do Paraná têm desde o Fandango Caiçara, os produtos artesanais, a muita aventura. Pontal do Paraná, por exemplo, tem muitas opções gastronômicas e estamos apresentando aos turistas os nossos produtos oriundos de um concurso gastronômico que realizamos, o Gastronomia Caiçara”, afirmou. 

A empreendedora, que trabalha com a folha de cataia e seus derivados, produzindo bebidas e temperos, está empolgada. “A chegada dos cruzeiros é um evento histórico para o turismo do Paraná”, completou.

Para os comerciantes ambulantes que trabalham na praça, nada poderia ser melhor do que a chegada de novos navios. Gislaine Bianche vende bebidas e petiscos com seu carrinho há 20 anos e tem ponto na própria Praça Mario Roque. “Muita gente chegando, muito calor do verão, a previsão é de vender mais águas e sucos e melhorar o orçamento”, disse. O baiano Cardejane Franca Paiva mora em Paranaguá desde 2017 e vive da venda de pipocas e batatas fritas. “Há muito tempo eu não via tanto movimento”, comentou.

Municípios presentes | foto: Setu PR

Leia também

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More