Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Governo federal vai investir R$ 394 milhões na dragagem de Paranaguá

A dragagem de aprofundamento do canal de acesso aquaviário, bacia de evolução e berço público do Porto de Paranaguá receberá investimentos de mais de R$ 394 milhões do governo federal. Os recursos são do Programa Nacional de Dragagem 2, que faz parte do PAC.

A dragagem permitirá que graneleiros do porte de Capesize frequentem o Porto, assim como navios porta-contêineres de alta capacidade, o que contribuirá para a redução dos fretes e, consequentemente, maior competitividade dos grãos exportados.

A abertura Da sessão do RDC (Regime Diferenciado de Contratações) Eletrônico SEP/PR 05/2014 para contratar da elaboração dos projetos básico e executivo de dragagem, sinalização, balizamento e execução das obras de dragagem de aprofundamento por resultado foi realizada no dia 23 de fevereiro.

A empresa DTA Engenharia Ltda. foi a arrematante do certame, com o lance de R$ 394.291.082,29. O próximo passo do processo licitatório é a fase de habilitação. A empresa terá um prazo de seis meses para realizar os projetos básico e executivo e 11 meses para executar a obra. O processo encontra-se em fase de julgamento e o resultado será divulgado nos sítios www.portosdobrasil.gov.br e www.comprasgovernamentais.gov.br

Pontal 40 milhões

“Esta obra faz parte do programa da SEP para melhorias que tornem nossos portos mais competitivos, diminuindo custos e agilizando as operações”, afirmou o ministro Edinho Araújo.

O Porto de Paranaguá é administrado pela autarquia estadual Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa). Atualmente, é um dos mais importantes centros de comércio marítimo do mundo, unindo localização estratégia a uma das melhores Infraestruturas portuárias da América Latina. Dispõe de dois terminais especializados: o Terminal de Contêineres de Paranaguá – TCP, dedicado à operação com contêineres, e o Tevecon, que opera com veículos e contêineres.

Fonte: Secretaria Especial de Portos
Foto: Arnaldo Alves / ANPr
Leia também

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More