Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Maior espécie de raia do mundo aparece no entorno do Porto de Paranaguá

manta4

Pesquisadora registrou a ocorrência de raias mantas na área de influência do Porto de Paranaguá. Com o Projeto Raia Manta, Andrielli Medeiros estuda os detalhes da presença delas na região.

Como explica Andrielli Medeiros, todo ano – na mesma época e no mesmo local – as raias mantas têm aparecido na Baía de Paranaguá, em frente à Ilha das Peças. Essas raias são as maiores do mundo, alcançam até 7m de comprimento entre uma nadadeira e outra.

O Litoral do Paraná é um dos poucos lugares onde está confirmada a ocorrência sazonal da espécie. No Brasil, apesar de haver registros esporádicos da espécie por toda a costa, existia somente um ponto de ocorrência sazonal da espécie confirmado no Brasil, no Parque Estadual Marinho da Laje de Santos, localizado a 45km da costa, onde elas ocorrem no inverno.

Pontal 40 milhões

Em 2010, Andrielli, que na ocasiãocursava a graduação em Oceanografia na UFPR, iniciou a busca por elas no Paraná sobre a orientação da doutora Camila Domit que havia avistado as mantas durante um estudos com os boto-cinzas (Sotalia guianensis).

A partir de relatos dos pescadores artesanais de Pontal do Paraná, averiguou-se que as mantas (chamadas pelos pescadores de “jamantas”) ocorriam na região da Vila das Peças, localizada na Ilha das Peças, município de Guaraqueçaba, área interna do Complexo Estuarino de Paranaguá.

“Ainda não sei o motivo de elas entrarem no estuário, tenho somente hipóteses que estão sendo estudadas, como para alimentação e realização do parto e reprodução. A Ilha faz parte da área indireta de influência do Porto de Paranaguá. Por isso, o projeto pretende fazer uma parceria com a equipe do Núcleo Ambiental da Appa (Administração dos Portos de paranaguá e Antonina) para utilizar os dados do monitoramento realizado no canal da galheta, desembocadura norte, do porto para comparar a desembocadura sul (do porto) com a desembocadura norte (das mantas) para entender porque elas entram somente por aquele canal”, afirma.

Ainda de acordo com Andrielli, as raias mantas nadam na coluna d´água, batendo as nadadeiras, como se “voassem” dentro água; e também saltam para fora da água, saltos únicos ou duplos, geralmente batendo o dorso (costas) na água como ocorre na baia de Paranaguá.

Especial – “A ocorrência das raias mantas é comum em áreas oceânicas, em ilhas ou recifes de coral. A ocorrência delas em estuário (áreas abrigadas onde a água do mar se mistura com a água dos rios) se restringe a registros esparsos na costa dos Estados Unidos e agora aqui na Baia de Paranaguá, sendo aqui o único lugar no mundo onde elas aparecem sazonalmente”, completa.

Segundo a pesquisadora, o número exato de raias mantas que circulam por aqui ainda é difícil de saber. “Mas tenho mais de 320 saltos de raias mantas registrados até agora, nos anos de estudo, que podem ser de indivíduos diferentes ou não. A presença dela ali é um grande presente para todos. Elas são enormes, magníficas e pouquíssimo conhecidas e estudadas no mundo, além de serem muito inteligentes, tem o maior cérebro dos peixes”, comemora Andrielli.

Presença – Como mostra o estudo da oceonógrafa, as raias mantas entram no estuário no verão, mas o mês de entrada e saída varia de ano para ano. “Monitoro de dezembro até junho. Elas ocorrem em meio a este período, geralmente com um mês de pico de ocorrência: em 2012 foi em abril, 2013 em fevereiro, 2014 em janeiro”, detalha.

Como indica a pesquisadora, para avistá-las a melhor maneira é sentar na beira da praia da Vila da Ilha das Peças e observar o mar. “O salto ocorre de repente e se tiver sorte poderá ver dois saltos. Os nativos falam que não pode apontar para a manta saltando, senão elas não realizam o segundo salto. Andar de barco diminui a possibilidade de avistá-las, alem de ser perigoso ocorrer de elas arrastarem barcos fundeados, de ocorrer colisões com elas e com os golfinhos e do motor espantá-las”, orienta.

Fonte: Appa

Conheça mais o Projeto Raia Manta:
http://projetoraiamanta.wix.com/promantas
https://www.facebook.com/projetoraiamanta

 

raia-manta-arquico2014

Fontes: Appa e Projeto Mantas
Fotos: Andrielli Medeiros
Leia também

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More