Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Médicos cubanos começam a atender em Paranaguá

medicos_cubanos_paranagua_28042014Os sete médicos cubanos enviados pelo governo federal a Paranaguá começam nesta semana a atender nas unidades de saúde do município.

Eles chegaram no dia 28 e foram recepcionados na prefeitura. Na presença do secretariado e de vereadores, o prefeito Edison Kersten informou que eles teriam um prazo de dez dias de adaptação antes de começarem a trabalhar. Ao final do evento, os cubanos se integraram à apresentação de fandango dançando com os integrantes do grupo. No dia seguinte (29), os profissionais foram apresentados a todos os vereadores durante sessão da Câmara Municipal.

Unidades – Os médicos vão reforçar o programa Estratégia Saúde da Família nas unidades da Ilha dos Valadares, Serraria do Rocha, Jardim Iguaçu, Alexandra e Vila do Povo.

“O programa Mais Médicos, do governo federal, vem dando resposta a todo o Brasil”, destacou o prefeito Edison Kersten durante o evento. Para o prefeito, o trabalho dos novos médicos deve ser percebido em breve pelos moradores.

Pontal 40 milhões

“A cidade tem muitas áreas carentes, com um entorno ocupado por mangues invadidos e muitas famílias vivendo em áreas ribeirinhas que precisam de cuidados especiais”, disse Kersten.

“Fizemos cinco testes seletivos para suprirmos a falta de médicos e vamos continuar buscando outras alternativas para atingirmos a meta de 100% de cobertura no programa Saúde da Família em nossa cidade”, afirmou

A secretária municipal de Saúde, Terezinha Flenik Kersten, apresentou a equipe de saúde presente aos novos colegas de trabalho, especialmente as coordenadoras do ESF, Mariana França e Jéssica Teixeira, além de todos os secretários presentes.

Falou da cidade de Paranaguá e suas características e destacou a importância do que está sendo feito no Brasil com o atual Sistema Único de Saúde.

Dispostos a atender o mais necessitados

A Prefeitura de Paranaguá divulgou algumas impressões dos cubanos:

A médica Marlie Rivera, durante a solenidade, disse que quer trabalhar muito e pediu confiança no grupo. “Queremos trabalhar muito por Paranaguá”, garantiu.

Emílio Manuel disse que está feliz por estar em Paranaguá. “Nunca imaginei uma recepção tão bela. Estamos felizes por estarmos em Paranaguá, principalmente para ajudar pessoas com necessidade de atendimento de saúde”, disse o médico cubano.

Elizabete Ramos disse que o povo é carinhoso e amável e que o povo em Cuba é assim também. “Estamos aqui para ajudar os mais necessitados e compartilhar nossos conhecimentos com os profissionais. Obrigada pelo acolhimento”, disse ela.

Seu agradecimento foi compartilhado por Norberto Gomes Torres. “Trabalhadores juntos pela saúde da população”, completou. O médico Manoel Antonio foi sucinto ao agradecer e dizer que “quero trabalhar muito”.

A médica Ismaray Jorro adiantou que pretende fazer o melhor trabalho de prevenção e promoção da saúde básica. “Vamos dedicar ajuda, especialmente, às pessoas especiais. Venho de uma cidade muito parecida com Paranaguá, mas é um pouco mais antiga, mas me sinto em casa”, explicou.

E o médico Ernesto Castro também completou as palavras do grupo falando que pretende trabalhar para melhorar o sistema brasileiro, especialmente, em Paranaguá. Bom para a cidade.

Fonte: Prefeitura de Paranaguá / Luciane Chiarelli – Fotos: Prefeitura de Paranaguá / Marcio Tibilletti
Leia também

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More