Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná
Matinhos 57 anos 1500 x 250

Sesa confirma mortes por dengue em Guaratuba e Morretes

Guaratuba (Castel Novo): “Em frente de cada casa há uma valeta a céu aberto acumulando fedor, lixo, doenças e riscos”, diz a legenda da foto de Pedro Carrano | fonte: Brasil de Fato

O informe semanal da dengue da Secretaria de Estado da Saúde (a Sesa) registrou duas mortes no Litoral: uma em Guaratuba e outra em Morretes. 

A morte em Guaratuba foi de um menino de 11 anos, que faleceu no Pronto Socorro Municipal no dia 24 de abril, depois de passar mal no colégio onde estudava. O município segue com a situação sanitária mais crítica da região, com 1.129 novos casos, recorde semanal em todo o Litoral. O total de casos no período epidemiológico chega a 9.377 confirmações de dengue. 

A cidade tem um dos piores indicadores no Estado. São 25.604 casos por 100 mil, mais de 4 vezes o índice de Morretes (6.235/100 mil), por exemplo.

Mesmo com o óbito confirmado, a situação em Morretes é bem diferente. Foram apenas 35 novos casos registrados na semana, elevando o total para 838 confirmações.

O informe da Sesa também registra 191 novos casos em Paranaguá, que chega a 3.246 confirmações. Matinhos teve 136 casos e soma 2.011.

Antonina teve apenas 9 novos registros e soma 2.488 casos no período.

Pontal do Paraná teve somente 3 novos casos, chegando a 239 confirmações de dengue. Guaraqueçaba não teve nenhum registro na semana, permanecendo com 4 casos até agora.

6 mortes – O Litoral teve 1.503 casos na semana e soma 18.203 registros no período epidemiológico. Houve 6 mortes por dengue confirmadas: 3 em Antonina, 1 em Paranaguá, 1 em Guaratuba e 1 em Morretes. Há um óbito em Guaratuba sob investigação para a causa.

Em queda – No Paraná, o boletim semanal da dengue da Sesa registrou 32.085 novos casos da doença e 21 óbitos, uma redução de quase 14% nos casos e de mais de 43% nas mortes, em comparação com a semana passada.

Leia também