Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná
Matinhos 57 anos 1500 x 250

TRE faz teste de transmissão da votação na Ilha do Mel

Foto: Vilmar Chequeleiro

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, desembargador Wellington Emanuel Coimbra de Moura, acompanhou pessoalmente neste domingo (18) um teste de transmissão da votação realizado na Ilha do Mel. 

Em locais de difícil acesso, sem internet ou com conexão instável, a transmissão dos resultados das eleições é realizada por meio de satélite. No Paraná, a situação ocorre em apenas cinco localidades: Paranaguá (Ilha do Mel), Antonina, Guaraniaçu e em dois locais de votação de Cerro Azul. 

A eleição na Ilha do Mel é realizada pela 5ª Zona Eleitoral de Paranaguá. A ilha possui dois locais de votação e um eleitorado total de 715 pessoas: Escola Municipal Rural Nova Brasília, com 335 eleitoras e eleitores; e Escola Municipal Teodoro Valentim, na praia de Encantadas, com 380 eleitoras e eleitores. 

Participaram da comitiva presidencial neste domingo servidores e colaboradores da Justiça Eleitoral. 

Foto: Vilmar Chequeleiro

Resultados na palma da mão

A totalização dos resultados pode ser acompanhada por qualquer pessoa por meio de aplicativos como o Boletim na Mão e Resultados. 

O aplicativo Boletim na Mão realiza a leitura da imagem (QRcode) contida no final do boletim impresso pela urna da seção eleitoral, possibilitando ao eleitor obter e visualizar uma cópia digital dos boletins de urna em seu celular ou tablet.

Baixar app: App Store / Google Play

O aplicativo Resultados permite acompanhar a contagem dos votos em todo o país, em tempo real, conforme os boletins de urna são divulgados pela Justiça Eleitoral. Possibilita ainda a pesquisa por estados e municípios, com os cargos em disputa em separado, mostrando sempre as candidaturas mais votadas. 

Além disso, é possível consultar os votos nominalmente, buscando a candidata ou o candidato que desejar. No final da apuração, o app apresenta, na plataforma, candidatas e candidatos eleitos.

Baixar o app: App Store / Google Play

Fonte: Melissa Medroni / TRE-PR

Leia também