Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

DER ainda não tem data para continuar licitação do ferryboat

O contrato com a concessionária Travessia de Guaratuba (F. Andreis) vence daqui três meses e o governo estadual ainda não tem a data para licitar uma nova concessão. A contrato da exploração do ferryboat venceu em abril do ano passado e foi prorrogado por mais um ano para dar tempo ao governo que assumira em janeiro licitasse o serviço.

Em junho, o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) realizou uma audiência pública em Guaratuba para apresentar uma proposta da concessão e do edital da licitação. O novo contrato, com prazo de 10 anos, traria algumas exigências e modernizações no serviço. O calendário do governo previa que o edital seria lançado no mês de outubro passado.

Em nota enviada ao Correio do Litoral e ao Jornal de Guaratuba, o DER informou que “o termo de referência e o modelo da minuta de contrato já foram elaborados, aproveitando várias sugestões inovadoras que visam atualizar o modelo da concessão”.

“Atualmente os documentos estão sendo analisados pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar), Procuradoria Geral do Estado (PGE) e Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR)”. “Uma vez concluída estas análises serão tomadas as demais medidas necessárias para a continuidade do processo licitatório”, explica o DER.

Sobre uma nova prorrogação do contrato com a F. Andreis, o DER informa que “esta possibilidade ainda está sob análise”.

Notícia desanima defensores da Ponte

A matéria acima foi publicada neste sábado (11) no Jornal de Guaratuba e teve repercussão nas redes sociais. Um grupo que defende a construção de uma ponte sobre a Baía de Guaratuba reproduziu a notícias, com o comentário que a nova licitação do ferryboat seria um sinal de que o governo não pretende construir a ponte.

O grupo “Ponte travessia de Guaratuba, já” realizará uma panfletagem nesta terça-feira (14), às 14h, em frente a Igreja Matriz.

Estudo sobre a viabilidade não foi divulgado – Em outubro de 2017, o ex-governador Beto Richa lançou o edital de licitação para contratar um Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) da Ponte de Guaratuba.

Em maio de 2018, a então governadora Cida Borghetti homologou o resultado da licitação. A empresa Engemin Engenharia e Geologia foi a vencedora do processo promovido pelo DER e com um contrato de de R$ 832,8 mil, deveria entregar o trabalho em abril de 2019.

O EVTEA ficou pronto, mas o governador Ratinho Junior ainda não divulgou ao público.

Leia também
Comentários
Carregando...