Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Governador reconhece situação de emergência em Guaratuba

Para muitos bananicultores, prejuízo na lavoura foi de 100% – foto: Gustavo Aquino / Correio do Litoral

O governador Ratinho Junior homologou, nesta quinta-feira (9), a decretação de emergência em Guaratuba em virtude dos estragos provocados pela tempestade da semana passada.

O decreto municipal de situação de emergência (nº 23.486) foi publicado também nesta quinta-feira, depois de ter a autorização da Coordenadoria Estadual da Defesa Civil. A homologação pelo Estado (Decreto Estadual 5.041/2020) foi publicada no Diário Oficial nº 10.724, de 9 de julho.

A decretação agiliza uma série de providências da Prefeitura e dos governos estadual e federal no sentido de ajudarem as famílias atingidas e também para os agricultores renegociarem suas dívidas. A próxima etapa é a homologação em nível federal da situação de emergência.

No dia 30 (terça-feira), Guaratuba foi assolada por um ciclone extratropical chamado “ciclone bomba” pelos meteorologistas. O fenômeno iniciou às 16h30 e durou aproximadamente 25 minutos. De acordo com o Instituto Simepar, os ventos alcançaram velocidade de 100 km/h.

O resultado foi a derrubada de árvores e postes, o destelhamento de casas e prédios públicos e particulares. Na área rural, além dos prejuízos nos imóveis, houve interrupção da energia elétrica e grande devastação nas lavouras, sobretudo de banana.

O reconhecimento pela Defesa Civil Estadual e pelo Governo do Paraná é resultado de um trabalho exaustivo de equipes de diversas secretarias municipais que fizeram o levantamento detalhado das famílias atingidas, com comprovações em fotos e registros. As informações foram inseridas no Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil, que gerou a minuta do decreto de emergência do Município, de acordo com a situação relatada.

Leia também
Comentários
Carregando...