Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Assembleia vota viagem gratuita de ônibus para idosos

Reunião remota da Comissão de Finanças e Tributação – Reprodução: Alep

A Assembleia Legislativa do Paraná vai discutir gratuidade ou desconto na aquisição de bilhetes de passagem de transporte em linhas coletivas intermunicipais a pessoas idosas. Parecer favorável do deputado Emerson Bacil (PSL) foi aprovado por unanimidade na Comissão de Finanças e Tributação, presidida pelo deputado Nelson Justus (DEM). Também votaram a favor os deputados Douglas Fabrício (CDN), Delegado Jacovós (PL), Luiz Fernando Guerra (PSL) e Tiago Amaral (PSB).

Turismo próximo
A nova lei visa assegurar o benefício para pessoas com idade igual ou superior a 60 anos e com renda igual ou inferior a dois salários mínimos. A medida amplia os direitos já previstos no Estatuto do Idoso. Além do impacto social, a medida pode ter reflexos no turismo, especialmente nas viagens a lugares próximos, dentro do Estado.

O benefício vale para os horários e em todos os veículos (convencional, executivo e leito). As passagens deverão ser reservadas ou adquiridas com antecedência de três horas antes da partida.

Observação de aves
Outro projeto em discussão na Assembleia, o PL 252/2021 do deputado Goura (PDT-PR) coloca o turismo de observação de aves uma atividade sustentável e prevê a incentivos fiscais e creditícios para estimular a atividade e promover a qualificação contínua dos produtos e de profissionais do setor.

R$ 700 mil para Matinhos
Também na Assembleia, o deputado Michele Caputo (PSDB) destacou as comemorações, no dia 12, dos 54 anos de emancipação política da cidade de Matinhos. “Anunciei investimentos na ordem de R$ 700 mil para educação, esporte e lazer e também para a comunidade de pescadores. Parabenizo de forma especial o presidente da Câmara de Vereadores, Mário Braga (Podemos) e a todos os munícipes de Matinhos”, disse Michele Caputo na sessão da segunda-feira (14).

Redação do Correio com informações da Diretoria de Comunicação da Alep e assessorias parlamentares

Leia também
Comentários
Carregando...