Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Meio Ambiente de Guaratuba realiza projeto para descarte de redes de pesca

A Secretaria do Meio Ambiente de Guaratuba está iniciando o projeto Malha Seca para sensibilizar e conscientizar os pescadores para o descarte adequado de suas redes. 

Quando as redes são descartadas na praia acabam sendo levadas pelo vento e maré alta para o oceano. Assim como as que se soltam das embarcações, são chamadas de redes fantasmas e estão entre as maiores vilãs do ecossistema marinho.

A fiscalização da Secretaria do Meio Ambiente, percebeu que pedaços de rede que estavam sendo descartados na areia da praia nas idas ao idas ao Mercado de Peixe próximo ao Morro do Cristo. 

A implantação do projeto Malha Seca tem a participação dos pescadores, através de diálogos e sugestões será decidido o melhor local para ser feito o descarte.  A primeira solução encontrada foi desenvolver e oferecer lixeiras específicas para o descarte de forma correta. A segunda é doar os materiais que podem ser reciclados.

Uma caixa construída com reaproveitamento de paletes para serem colocadas os resíduos. A destinação começa com os caminhões da coleta seletiva que levam os materiais ao barracão administrado pela Associação de Catadores de Materiais Recicláveis – Acamares Pôr-do-Sol. Os caminhões também fazem a coleta dos materiais recicláveis que os pescadores encontram na praia e recolhem em sacolas destinadas para isto.

Junto com esta primeira ação, está sendo feito um levantamento de quantos pescadores operam no local, com recolhimento de dados pessoais (RG, CPF, número de telefone, composição familiar, endereço e tempo na pesca), para conhecer, valorizar e auxiliar com novas ações socioambientais com os pescadores.

De acordo com a Secretaria do Meio Ambiente, o projeto Malha Seca tem como uma das metas ser transformado em um programa, onde além da Educação Ambiental haverá o incentivo para a realização de cursos profissionalizantes, “atuando durante o período do ano todo, e com isso proporcionando maior aprendizado aos pescadores”.

Fonte e fotos: Prefeitura de Guaratuba

Leia também
Comentários
Carregando...