Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Ex-presidente da Câmara de Paranaguá é processado por empregar mulher de sobrinho

Foto: Blog da Luciane
Foto: Blog da Luciane

A 4ª Promotoria de Justiça de Paranaguá ajuizou ação civil pública contra o ex-presidente da Câmara Municipal Marquinhos Roque por nepotismo.

O vereador está de licença de saúde desde o dia 19 de fevereiro. Marcus Antônio Elias Roque (PMDB) foi presidente da Câmara em 2013 e 2014. É filho do ex-prefeito Mário Roque, que morreu em julho de 2013 em pleno mandato.

De acordo com o Ministério Público, o vereador, mesmo tendo assinado com o órgão Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para exonerar todos os servidores comissionados do Poder Legislativo que tivessem parentesco até terceiro grau com autoridades do município, manteve trabalhando em seu gabinete, sob sua chefia imediata, a esposa de seu sobrinho. A ação pede também a responsabilização da servidora, que só foi exonerada do cargo no início deste ano, após a mudança de comando na presidência da Câmara Municipal.

O vereador e a servidora estão sujeitos, dentre outras penas, à perda da função pública e à suspensão dos direitos políticos. Em relação ao ex-presidente da Câmara Municipal, o Ministério Pública cobra ainda, em ação autônoma de execução, o pagamento de R$ 5 mil a título de multa pelo descumprimento do TAC.

Leia também
Comentários
Carregando...