Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Rede de esgoto privada em Matinhos e Pontal poderá sair por R$ 370 milhões

A Sanepar poderá ter um desconto de 20% no aluguel da rede de esgoto que será construída em Matinhos e Pontal do Paraná. Mesmo assim pagaria pouco mais de R$ 370 milhões à empresa que construir a obra avaliada em R$ 200 milhões, um lucro de 85%.

A Sanepar calcula que com as obras, em 2017, Matinhos passará dos atuais 50,64% para 95% de atendimento com sistema de esgoto. Em Pontal do Paraná, o índice saltará de 25,80% para 84%.

Menor preço
As propostas da primeira licitação na modalidade de locação de ativos da empresa estatal foram abertas na sexta-feira (7). Das 15 empresas que retiraram o caderno de documentação da licitação, seis apresentaram propostas: Acma Construções Civis Ltda, Construtora Passarelli Ltda, DM Construtora de Obras Ltda, Goetze Lobato Engenharia Ltda, Itajuí Engenharia de Obras Ltda e Trail Infraestrutura Ltda. A licitação será decidida só após a avaliação técnica, econômica financeira e fiscal das concorrentes para saber se as empresas têm condições para cumprir todos os itens constantes do edital.

A Itajuí saiu divulgando que apresentou o menor valor, de exatos R$ 371.777.009,00. Trata-se de um desconto de R$ 91 milhões sobre o valor máximo da licitação, ou 20% abaixo do teto. Segundo informações divulgadas pela Rádio BandNews Curitiba, o segundo menor preço, é R$ 83 milhões mais alto, ou seja, um desconto de apenas R$ 8 milhões. O nome da empresa não foi informado.

Licitação
De acordo com o edital de licitação 170/2013, o valor da obra é estimado em R$ 199.297.725,73. O valor total máximo admitido para a remuneração do contrato de Locação de Ativos, é de R$ 469.034.464,44. Este é o valor máximo do que será cobrado de aluguel dos ativos (rede e estações elevatórias), no prazo do contrato, que é de 20 anos, 240 meses. Ao final deste tempo, as obras são incorporadas ao patrimônio da Sanepar.

Obras
A vencedora da licitação terá prazo de quatro anos para assentar 500.063 metros de tubulação, executar 25 mil ligações prediais de esgoto e construir 29 estações elevatórias de esgoto. O edital prevê também, neste mesmo prazo, a implantação das linhas de recalque e das instalações eletromecânicas, além de obras elétricas, o desenvolvimento dos projetos executivos e os serviços de topografia.

Em Matinhos, serão executados 250 mil metros de rede coletora de esgoto, 14 estações elevatórias, de Caiobá a Monções. Também serão remanejados 14.524 metros da rede existente e substituídas 979 ligações prediais de esgotos.

Em Pontal do Paraná serão executados 250.063 metros de rede coletora de esgoto e mais 15 estações elevatórias, distribuídas pelos balneários de Beltrame a Pontal do Sul.

Matéria recuperada do site antigo (2013)

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...
error: Content is protected !!