Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Bombeiros treinam para atender aumento de enxurradas e alagamentos

Fotos: Corpo de Bombeiros
Fotos: Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros formou, nesta semana, mais uma turma no curso de Salvamento em Águas Rápidas.

O treinamento foi feito no rio Capivari, em Antonina, e buscou aprimorar as técnicas de busca, resgate e salvamento em áreas alagadas, rios e cachoeiras.

Neste ano mais 38 bombeiros entre praças e oficiais de várias partes do Estado se capacitaram para atuar não somente em ações no litoral, mas também no interior do estado no atendimento a ocorrências de inundações, alagamentos, enxurradas e “cabeças d´água”, além das situações de defesa civil.

De acordo com o capitão Fernando Tracht, tem sido cada vez mais frequente a ocorrência no Paraná de chuvas torrenciais que causam alagamentos e enxurradas nas cidades. Durante o treinamento várias técnicas de salvamento e Equipamentos de Proteção Individual que devem ser utilizados pelos bombeiros no atendimento das ocorrências nesta natureza, objetivando sempre a preservação da vida da vítima e do bombeiro.

O curso de salvamento em águas rápidas é relativamente novo – começou a ganhar importância em 2012, informa o Corpo de Bombeiros. “Trabalhamos com uma metodologia de trabalho internacional, que envolve o uso de equipamentos de proteção individual (EPIs) diferenciados, para serem utilizados especificamente nesse tipo de situação”, explica o capitão Ícaro Gabriel Greinert.

O treinamento para os bombeiros é muito importante, pois necessitam sempre estarem bem preparados para o atendimento de diversas ocorrências em seu turno de serviço, podendo ser situações de combate a incêndio, atendimento pré-hospitalar, salvamento em altura, busca de pessoas, além de atividades de defesa civil entre outras.

Leia também
Comentários
Carregando...