Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Tartaruga-gigante aparece morta em Pontal do Paraná

Foto: Laboratório de Ecologia Conservação (LEC) / CEM
Foto: Laboratório de Ecologia Conservação (LEC) / CEM
Foto: Laboratório de Ecologia Conservação (LEC) / CEM
Foto: Laboratório de Ecologia Conservação (LEC) / CEM

Uma tartaruga-de-couro de 2,1 metros foi encontrada morta, na sexta-feira (9), na praia do balneário de Ipanema, em Pontal do Paraná.

A fêmea adulta pesava cerca de 300 Kg. O resgate do animal foi feito pelo Laboratório de Ecologia Conservação (LEC) do Centro de Estudos do Mar (CEM)/Universidade Federal do Paraná, via Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS).

A tartaruga-de-couro ou tartaruga-gigante (Dermochelys coriacea) é a maior espécie de tartaruga marinha encontrada no mundo e a população do oceano Atlântico está classificada como criticamente ameaçada de extinção. Esta espécie é registrada em todos os oceanos tropicais e temperados do mundo e vive a maior parte de sua vida em áreas oceânicas, se aproximando da costa apenas quando há agregação de seu principal alimento, águas-vivas, ou para reprodução.

De acordo com os pesquisadores do LEC, a avaliação de encalhes de mamíferos, tartarugas e aves marinhas são oportunidades para melhorar o conhecimento a respeito da biologia das espécies (ex. dieta, época reprodutiva), quanto a taxa e causa de mortalidade, padrão de ocorrência/distribuição, condição de saúde e a relação com atividades humanas, informações essenciais para auxiliar na gestão costeira e manutenção da biodiversidade marinha.

Ajude o PMP-BS! Ao encontrar animais marinhos mortos ou vivos que estejam debilitados e precisando de atendimento, entre em contato pelos telefones 0800 642 3341 ou (41) 9854 3710.

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade dentro do licenciamento ambiental federal do Pólo Pré-Sal da Bacia de Santos pela PETROBRAS, conduzido pelo IBAMA. Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e mortos.

No Paraná o projeto atua em Pontal do Paraná, Matinhos, Guaratuba, Ilha do Mel, Ilha das Peças e Ilha do Superagui.

Para saber mais sobre o PMP-BS acesse o site:http://pmp.acad.univali.br/site/index.php

Fonte: Laboratório de Ecologia Conservação (LEC) / CEM

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...
error: Content is protected !!