Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná
Matinhos abril 24 Curtiu a Diferença 1070 200 iluminação

Artesãos de Morretes, Antonina e Guaraqueçaba terão incentivo e marca coletiva

Artesãos de Morretes, Antonina e Guaraqueçaba vão participar do programa Vocações Regionais Sustentáveis do Paraná (VRS) e poderão usar a marca coletiva Rota Caiçara.

O programa é desenvolvido pela Invest Paraná – órgão de captação de negócios do Estado vinculado à Secretaria Estadual de Indústria, Comércio e Serviços (SEICS) –, em parceria com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Sustentável, para agregar valor aos produtos tradicionais do povo do Paraná e colocá-los de maneira competitiva no mercado.

A parceria vai beneficiar artesãos cadastrados no Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), que poderão usar em suas produções o rótulo da Rota Caiçara, uma das linhas de trabalho do programa VRS-Mata Atlântica, que reúne os três muncípoos.

A adesão ao projeto também oferece aos profissionais uma série de orientações para o maior aproveitamento do potencial de geração de renda e desenvolvimento com a comercialização do artesanato. 

Dessa maneira, os artesãos de Morretes, Antonina e Guaraqueçaba farão parte da cadeia de turismo da região, podendo comercializar sua produção com uma marca conjunta. Para isso, serão estabelecidos padrões para que possam utilizar a marca e com ela divulgar seus produtos no mercado. 

A Secretaria do Trabalho, Qualificação e Renda deve formalizar nos próximos dias um termo de adesão ao VRS. O esboço do plano de ações a ser executado foi elaborado pelo Conselho de Economia Solidária da SETR, tendo como principal objetivo o desenvolvimento sustentável nos três municípios. 

Além do artesanato, a SETR também pretende aplicar políticas para melhorar a qualificação dos produtores e empreendedores da região, também com cooperação da Invest Paraná.

Leia também