Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná
Matinhos Matinhos abril 24 Curtiu a Diferença 1070 200 iluminação

Litoral tem 935 novos casos de dengue –Guaratuba decreta emergência

Ministério da Saúde

O Informe Semanal da Dengue da Secretaria de Estado da Saúde confirmou 22.222 casos de dengue na semana no Paraná, mais um recorde neste período epidemiológico que começou no dia 30 de julho de 2023. Agora são 113.194 casos confirmados da doença. 

O informe semanal traz também 11 novos óbitos, ocorridos entre os dias 21 de dezembro e 6 de março, levando o número total a 60.

As 11 mortes que constam neste informe são de pessoas entre 14 e 89 anos, cinco delas sem comorbidades. Quatro óbitos ocorreram no município de Londrina; quatro ocorreram na Regional de Apucarana, sendo três no município de Apucarana e um em Jandaia do Sul; e Chopinzinho, Toledo e Cianorte registraram um óbito cada.

No Litoral, foram registrados 935 novos casos da doença – também recorde no período, chegando a 4.151 confirmações.

Guaratuba teve 344 confirmações na semana, o maior número da região, e chega a 572 casos. Matinhos teve 214 novos casos e soma 352 confirmações.

Antonina registra 182 novos casos, totalizando 1.907 registros de dengue no período epidemiológico. Paranaguá apresentou 121 novas confirmações e chega a 1.077 casos. Morretes teve 71 novos casos e chegou a um total de 200.

Pontal do Paraná teve 3 e soma 40 e Guaraqueçaba não teve nenhum registro durante a semana, permanecendo com apenas 3 confirmações de dengue nos últimos meses.

Emergência em Guaratuba

Seguindo exemplo do Estado do Paraná, o prefeito de Guaratuba, Roberto Justus, decretou situação de emergência no município por causa da dengue. A decisão se baseia, além do grande aumento de conformações da doença, no último Levantamento Rápido de índices para Aedes aegypti, que “registrou o índice de infestação de 7,14 % dos imóveis pesquisados, quando o aceitável pelo Ministério da Saúde é de até 1%”, conforme explica a publicação do decreto nº 25.564, no Diário Oficial desta terça-feira (19).

Antonina se encontra em emergência dede o mês de janeiro. O Paraná decretou a medida na quinta-feira (14).

Leia também