Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná
Matinhos abril 24 Curtiu a Diferença 1170 250 busao

Pontal do Paraná vai ligar balneários com 11 km de ciclofaixas

A Prefeitura de Pontal do Paraná está concluindo um projeto de ciclomobilidade entre todos os balneários e de cicloturismo ecológico. 

Serão, inicialmente, 11 quilômetros de ciclofaixas entre os balneários de Praia de Leste e Guapê. Já foram feitos 5.500m, sendo 3.700m de Praia de Leste até Guarapari e 1.800m de Shangri-lá ao Guapê. 

O projeto faz parte do Plano de Mobilidade do Município, que está nas últimas etapas e já começa a ser colocado em prática. O estudo aponta que o município, por seu relevo plano e pela grande quantidade de moradores e visitantes que usam a bicicleta como principal meio de locomoção, deverá investir na ciclomobilidade.

A ciclofaixa deverá ser estendida mais adiante. O município trabalha no estudo florestal da área entre Guapê e o balneário Barrancos, que poderá ligar a orla do município de ponta a ponta. 

Cicloturismo

Além da ciclofaixa, a prefeitura trabalha com ciclorrotas ecológicas, como na comunidade do Guaraguaçu, com aproximadamente 10km de extensão, abrindo a possibilidade do ciclista visitar o sítio arqueológico sambaqui, e outro trecho de 7km entre o balneário Shangri-lá e de Pontal do Sul. 

O projeto final pretende ligar a comunidade do Guaraguaçu a Pontal do Sul, um passeio por dentro da Mata Atlântica de 26km. 

Maior projeto em andamento – Um pequeno trecho de 300 metros de ciclofaixas gerou polêmica por causa de um erro da empresa contratada. Em um pedaço da rodovia que não havia espaço disponível e onde a Prefeitura planeja construir calçada e ciclovia, os funcionários demarcaram uma “ciclofaixa” de 40 centímetros. O prefeito Rudão Gimenes mandou desfazer o serviço.

A divulgação do erro acabou chamando a atenção para o ambicioso projeto de ciclomobilidade de Pontal do Paraná, o maior em execução em todo o Litoral.

Leia também