Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná
Matinhos Matinhos abril 24 Curtiu a Diferença 1070 200 iluminação

Secretaria de Segurança promete reforço e ações policiais em Guaratuba

Da esq. para a dir.:Tato, Juarez, Fabio, Oliveira, Gonçalves, Lense e Raul Chaves.
Da esq. para a dir.: Sérgio, Tato, Juarez, Fabio, Oliveira, Gonçalves, Lense e Raul.

O subcomandante-geral da Polícia Militar, coronel Péricles de Matos, deverá vir a Guaratuba para tratar de medidas para reforçar a segurança.

A promessa foi feita pelo chefe de Gabinete da Secretaria da Segurança Pública, Walter Gonçalves, aos vereadores que o visitaram na quinta-feira (22).

Participaram da audiência o presidente da Câmara, Mordecai Magalhães de Oliveira, Maurício Lense, Sergio Braga, Fabio Chaves, Raul Chaves, Laudi “Tato” e Juarez “Galego”.

Walter Gonçalves também prometeu o aumento do efetivo na Delegacia da Polícia Civil de Guaratuba, com a chamada de remanescentes do último concurso público. O assunto foi tratado durante a audiência, com o delegado-titular da Divisão Policial do Interior, Rogério Antônio Lopes.

Em relação à PM, Walter Gonçalves também anunciou a realização de operações da Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel). Outras medidas deverão ser definidas em conjunto como o coronel Péricles.

Sessão da Câmara

De acordo com Mordecai Oliveira, a audiência foi marcada a pedido do vereador Mauricio Lense. Na segunda-feira (19), Lense ocupou a Tribuna da Câmara para comentar os roubos e assaltos que vêm ocorrendo na cidade. Ele sugeriu a realização de uma audiência para discutir soluções e, em apartes, recebeu o apoio de diversos vereadores.

Na sessão de segunda-feira (19), os vereadores também aprovaram, em segunda votação, o Projeto de Lei nº 1.345.

O projeto altera as leis 1.530 e 1.551, ambas de 2013, referentes à estrutura administrativa e funcional do município. Segundo a justificativa do projeto, as mudanças visam adequar as atribuições e nomes de alguns cargos atendendo sugestões de órgãos de classe. Também regulamenta alguns pontos da avaliação de desempenho dos servidores. O projeto segue para sanção da prefeita Evani Justus.

Durante a sessão, Almir Troyner pediu a retirada de seu projeto de lei nº 563, que trata da denominação de via na localidade de Pedra Branca do Araraquara, para, segundo ele, apresentar um substitutivo. No início da sessão, Troyner, na condição de presidente da Comissão de Justiça e Redação, também solicitou mais 15 dias de prazo para análise dos projetos de lei 556 e 562. os dois pedidos foram aprovados por unanimidade.

Fonte: Câmara Municipal de Guaratuba
Leia também